Daniel aposta em Aguirre para melhorar o Inter, e Galhardo faz forte desabafo sobre a atual fase do time

Daniel no fim do jogo e Galhardo no intervalo falaram sobre a fase do Inter neste domingo

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Inter

“Trabalhar, trabalhar, trabalhar”. Por várias vezes, a palavra foi repetida pelo goleiro Daniel sobre a forma que o Inter deve agir para melhorar em campo. No final do 1×1 em casa diante do Ceará neste domingo, pelo Brasileirão, o arqueiro admitiu a fase complicada e depositou esperanças no novo técnico Diego Aguirre, que assistiu das arquibancadas do Beira-Rio o duelo:

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“A gente deixou a desejar no primeiro tempo, com faltas bobas perto da área. Mas vamos trabalhar que já tem outro jogo que precisamos da vitória na quinta. É trabalhar. A gente tenta, chega, mas falta fazer o gol. Está chegando o Aguirre, vamos trabalhar essa semana e entrar com tudo. Ele vem pra melhorar o time. Vamos trabalhar para sair desta situação”, declarou.

Já o tom utilizado por Thiago Galhardo no intervalo do jogo, já com 1×1, foi bem mais forte que o do goleiro. Ele reclamou que o time não conversa em campo e se preocupou com a falta de gols com bola rolando no ataque:

“Precisamos jogar, estamos abrindo mão. Estamos errando o primeiro passe, o último passe. Nas finalizações temos pecado, por cima e por baixo. Temos que fazer os gols. É responsabilidade nossa. A gente não marca um gol de bola rolando há oito jogos, desde o Olimpia lá no Paraguai. Isso é erro de todo o time. Culpa minha, dos pontas, de todo mundo. Porque não está criando. E quando cria erra. Como eu errei no último jogo. Temos que falar mais. Nosso time não fala. Fala que estou sozinho na p… da bola, em vez de falar “eu, eu, eu”. Temos que assumir os erros. Quando a bola entra, é muito fácil. Todos vão te elogiar. Mas quando não entra temos que ter equilíbrio. Sei que não sou o pior. Fecho os ouvidos para tentar ajudar a equipe”, disparou.

Próximo jogo do Inter

Com apenas cinco pontos na tabela, o Inter volta a campo já com Diego Aguirre na casamata na quinta-feira, 19h, diante da Chapecoense, fora de casa.

LEIA MAIS:

Tiago Nunes cita “oportunismo” em pergunta sobre ausência de jovens e não vê falha de Paulo Victor: “Você já foi goleiro?”

Douglas Costa faz a esperada reestreia, pede calma para pegar ritmo e lamenta placar: “Primeiro tempo fomos irreconhecíveis”

Siga o autor:

No Instagram

No YouTube