Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

David Braz exalta estreia como titular do Fluminense: “Valorizo cada minuto”

Zagueiro já havia jogado pela Copa do Brasil e foi titular do Tricolor no fim de semana contra o Red Bull Bragantino

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Mailson Santana/FFC

No empate do Fluminense com o Red Bull Bragantino, um jogador em especial teve motivos para continuar. O zagueiro David Braz fez sua primeira partida completa pelo Flu no jogo diante dos paulistas, válido pelo Campeonato Brasileiro.

Contra o mesmo Bragantino, pela Copa do Brasil, o zagueiro já havia jogado alguns minutos. No Tricolor desde abril, o defensor não havia atuado com a camisa da equipe deste então e tratou de exaltar o retorno aos gramados e o fato de poder jogar os 90 minutos pela primeira vez desde março, quando ainda estava no Grêmio.

“Glória a Deus poder estar jogando os 90 minutos pelo Fluminense. Naquele primeiro jogo, foram sete minutos em campo. Mas valeu a estreia, jogo de classificação na Copa do Brasil. Para mim, cada minuto é especial e valorizo bastante cada minuto. Acabei de chegar ao clube e eu esperava aquele momento”, afirmou o zagueiro segundo o Globoesporte.com

“Graças a Deus, pude ter a oportunidade e aproveitar ao máximo, mesmo jogando só poucos minutos. Esse jogo de domingo foi muito especial, poder jogar os 90 minutos depois de dois meses e meio foi muito importante”, completou David Braz.

O fato de só ter conseguido a chance de jogar mais de dois meses depois de ter sido contratado pelo Tricolor se deve ao fato de que Roger Machado ter uma dupla firme de zaga, entre Nino e Luccas Claro, a quem substituiu no domingo (13) em Bragança Paulista. David Braz disse entender as necessidades da equipe e quer estar pronto para quando o treinador desejar.

“O Roger tem sido coerente. Vem jogando Nino e Luccas Claro, que vem de um bom Brasileiro. O Nino está na Seleção Olímpica e o Luccas fez um bom Brasileiro ano passado. E eles estão muito bem nesta temporada e é importante ter sempre uma zaga bem entrosada. Eu e o Manoel chegamos agora e sabemos disso. Mas também sabemos que precisarão da gente. É um ano de muitos desafios e muitas competições. O professor já deixou claro que quer contar com todo mundo”, afirmou.

LEIA MAIS

CBF acha escutas ilegais em sede; gravações de Caboclo motivaram atitude