Diretor do Atlético-MG sobe o tom ao responder cobranças por zagueiro

Rodrigo Caetano voltou a falar sobre o mercado da bola do Atlético

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgacao/Atlético

Diferentemente da temporada passada, o Atlético tem sido em 2021 mais comedido no mercado da bola. Na avaliação da diretoria, o elenco já era qualificado e necessitava apenas de reforços pontuais. O discurso, até o momento, foi colocado em prática.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Entretanto, o torcedor ainda entende que é preciso reforçar o sistema defensivo da equipe. Sempre que é convidado para alguma entrevista, Rodrigo Caetano responde se há ou não monitoramento por algum zagueiro. O diretor de futebol do Galo, porém, prefere enaltecer as peças que hoje compõe a defesa alvinegra.

– Por que a grama do vizinho é sempre mais verde? Todos os times da série A gostariam de contar com zagueiros como Igor, Alonso, Réver e Gabriel, nós temos eles. No jogo contra o São Paulo, nem perigo o Atlético sofreu. Eu não vou aceitar pagar valores fora da realidade para piorar o cenário. Eu posso não responder o que desejam, mas sempre dou uma resposta. Cabe dizer ainda, que eu não contrato ninguém sozinho, há a parte técnica e o colegiado, mas saiba: se houver um pingo de dúvida sobre um atleta eu não trarei. Estou aqui para prospectar, para desenvolver a base e ajudar o clube. Esqueçam esse olhar, eu não sou um cara que está no Atlético para contratar. Essa é só mais uma das muitas funções que tenho no clube – disse Caetano ao Fala Galo.

– O Atlético tem um bom time, eu entendo a torcida, mas não podemos olhar só a grama do vizinho. Estamos sempre acompanhando tudo, mas também se despejarem dinheiro como muitos pensam que acontece eu contrato mais, porém a realidade não é essa e a torcida que pede, sabe – completou.

Jemerson, atualmente no Corinthians, é um nome que tem sido especulado como um eventual reforço para o segundo semestre. O Atlético nega qualquer negociação pelo jogador.

LEIA MAIS: