Felipe Melo cobra publicamente Lucas Lima e Patrick de Paula: ‘’Não pode repetir’’

Em entrevista concedida à TNT Sports, Felipe Melo declarou que ambos os jogadores cometeram um erro grotesco

Gabriel Neves
26 anos. Jornalista formado na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Passagens por Footstats e Placar Uol. Participante do podcast ''As Quatro Forças''.

Crédito: Marcelo Endelli/Getty Images

Recentemente a Sociedade Esportiva Palmeiras tem enfrentado turbulências extracampo envolvendo seus atletas. Lucas Lima e Patrick de Paula foram flagrados pela torcida organizada, Mancha Verde, na noite paulistana e duramente repreendidos pelos torcedores pela atitude.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Felipe Melo, camisa 30 do Palmeiras, repudiou a atitude dos companheiros durante entrevista exclusiva concedida à TNT Sports e ressaltou a importância de ambos entenderem que erros desse porte não podem ser repetidos.

‘’É entender que não pode repetir, principalmente pelo momento que a gente vive. Foi um erro grotesco, mas que não pode se repetir! Tivemos reuniões aqui dentro, vamos cobrar como líderes, nós vamos cobrar também… nossa direção, presidente, tão cobrando, mas são meus companheiros de trabalho, atletas que jogam junto comigo no Palmeiras e não tenha dúvida que eu jamais vou deixar pra trás um atleta meu’’ disse, acrescentando sobre os funcionários do Palmeiras que faleceram recentemente e sobre as medidas adotadas pelo clube.

‘’É complicado e difícil devido ao momento por tudo que está acontecendo e sobretudo sobre o que aconteceu dentro do clube, dessas três vidas. Pra gente passa um, dois, três dias e vai ficar a saudade, mas e a família que perde? A dor da perda é bem difícil. Erram Lucas Lima como Patrick de Paula, eu creio que já foram multados, pelo o que vi, o clube já multou, mas é complicado colocá-los na parede e fuzilar cada um deles, já que não pode voltar atrás’’ acrescentou.

O volante palmeirense também reforçou que é preciso deixar o alerta aos jogadores para que eles entendam a gravidade das suas ações.

‘’Esse é um erro em que precisamos abraçá-los e fazer eles entenderem que não pode se repetir de forma alguma, porque vidas estão sendo ceifadas por causa do vírus e não pode dar mole. Até porque também tenho quatro filhos e um é asmático. Tenho mãe, pai, avó, e eu jamais me perdoaria se trouxesse o vírus para dentro de casa’’ encerrou.

Na próxima quarta-feira o Palmeiras de Felipe Melo entra em campo para encarar o Red Bull Bragantino, às 19 horas, pelo Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:

Willian alcança marca importante na carreira com a camisa do Palmeiras

Felipão visita delegação do Palmeiras no aniversário de 22 anos da conquista da Libertadores de 1999