Jornalista chama Ceni de covarde por postura com atacante do Flamengo: ‘expõe o jogador’

Treinador rubro-negro não gostou de atitude de jogador e abordou o assunto na coletiva após a vitória sobre o Fortaleza

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter (@cidovieira90)

Crédito: Alexandre Vidal - Divulgação - Flamengo

Convocado para a Seleção Brasileira Olímpica, o atacante Pedro ainda não escondeu a decepção de não ter sido liberado pelo Flamengo para disputar a competição. Substituído aos 20 minutos do segundo tempo no triunfo sobre o Fortaleza, nesta quarta-feira (23), no Maracanã, pelo Brasileirão, o atleta saiu de campo irritado, situação esta que rendeu comentários do técnico Rogério Ceni na coletiva pós-jogo.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Segundo o comandante rubro-negro, o nervosismo de Pedro pode ter ligação com o fato da não liberação para disputar os Jogos Olímpicos, e classificou o fato como falta de respeito.

“Fico triste. Acho desrespeitoso não só comigo, mas com o atleta que vai entrar e com o clube. Não é da característica do Pedro, ele é um bom menino. Acho que esse negócio de seleção, convocação, também mexe um pouco com a cabeça dele. Acho uma cena lamentável, que não cabe no futebol de hoje. Não acho uma atitude correta, acho feio”, afirmou Ceni, elogiando o atleta na sequência e mostrando certa compreensão com a postura.

CHAMADO DE COVARDE

As declarações do comandante técnico do Flamengo, no entanto, renderam duras críticas por parte da jornalista Marluci Martins. Presente em uma live do “UOL”, ela afirmou que Ceni estaria sendo “covarde” para com Pedro, e agindo de forma diferente dando prioridades com alguns atletas do plantel, como por exemplo Gabigol, que já chegou a ter rusgas com o seu treinador.

“O Pedro está levando um trauma de não disputar uma Olimpíada que é muito doloroso. Deve ter sido um golpe muito mal assimilado por ele. É um jogador que precisa de um apoio, de carinho. O Ceni é covarde quando expõe o jogador e não faz o mesmo com o Gabigol”, disparou Marluci Martins.

Participando da live, o jornalista José Trajano foi na mesma linha de pensamento da colega, e ainda foi mais duro, suspeitando de um “desvio de caráter” do comandante rubro-negro.

“Acho que ele tem desvio de caráter. Não é a primeira vez que isso acontece. No início do trabalho dele no Flamengo, ele jogava a responsabilidade para os jogadores, dizendo que o trabalho estava sendo muito bem feito e os atletas estavam falhando”, disse Trajano.

LEIA MAIS: