Atlético-MG: Jornalista detona Cuca, pede gancho e faz alerta

Vuadem relatou na súmula o que ouviu de Cuca; técnico do Atlético foi expulso ainda no campo

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Premiere

Cuca causou polêmica após a partida entre Ceará e Atlético, realizada nesta quinta (24), no Castelão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. No apito final de Leandro Pedro Vuaden, o técnico do Galo saiu em disparada na direção do árbitro e distribuiu xingamentos. Na sequência, foi expulso pelo apitador gaúcho.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

A reação de Cuca foi um dos temas do ‘Linha de Passe’, da ESPN Brasil. O comportamento do treinador foi criticado pelo jornalista Leonardo Bertozzi. Na sua avaliação, o mesmo deve e precisa receber um gancho.

“Como é que o meio do futebol vai condenar a abordagem do torcedor, se a abordagem de um profissional ao árbitro é neste tom, neste nível. Quem ofende perde a razão, quem ofende neste nível precisa tomar um gancho e, me parece que vai tomar. Esta instabilidade emocional do Cuca é algo que acompanha sua carreira. Quando ele decide sair do Santos, a alegação dele é um esgotamento mental, mas que durou pouco, pois não tardou em aceitar o convite do Atlético”, avaliou Bertozzi.

Na súmula, Vuadem relatou as seguintes palavras proferidas por Cuca dirigidas a ele. “Você me dá azar na vida, ainda bem que vou largar para não precisar conviver com pessoas como você. tenho nojo. você é um gaveteiro‘”, trecho este que também abordado por Bertozzi.

“A instabilidade emocional preocupa. Quando ele diz ‘ainda bem que eu vou largar’, mas vai largar quando? Amanhã? Em uma eventual eliminação da Libertadores? Depois de uma sequência de três jogos ruins? Depois de ficar insatisfeito com outro árbitro? Como é que é isso? O clube não pode ficar a mercê da hora que ele vai querer largar. O comportamento dele é ultra condenável e se ele tem alguma questão pessoal, isso não deveria ir para o campo”, concluiu Bertozzi.

Por fim, ainda de acordo com a súmula, Cuca teria ameaçado agredir fisicamente o árbitro: “Se eu cruzar com você na rua, te dou umas (sic) tapas na cara”.

Atlético-MG encara o Santos no domingo (27), às 20h30, fora de casa, pela sétima rodada do Brasileirão

LEIA MAIS:

Mercado da Bola: Atlético-MG assina contrato com meio-campista