Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da Bola: Técnico insiste e clube do exterior reforçará investida por Borja, do Palmeiras

Jogador tem se destacado no Junior Barranquilla, da Colômbia

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O atacante Miguel Borja, que pertence ao Palmeiras, mas está emprestado ao Junior Barranquilla, é mesmo o sonho de consumo do técnico Miguel Ángel Russo, do Boca Juniors. Após as tratativas inicias não terem caminhado, o treinador do gigante argentino insistiu à diretoria que quer o camisa 9 e o Boca deve reforçar as investidas no atleta, segundo publicou o Diário Olé, de Buenos Aires.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Após sair do Palmeiras criticado pelos torcedores, Borja assinou por empréstimo com o Junior Barranquilla e se tornou a principal estrela do clube. De volta à seleção colombiana, tem sido titular nas Eliminatórias na Copa América, o que reforçou ainda mais o desejo do Boca Juniors em contratá-lo.

O Palmeiras, porém, espera receber uma boa proposta para vender o jogador, que chegou ao clube em 2017 após ter sido eleito o Rei da América em 2016, quando conquistou a Copa Libertadores pelo Atlético Nacional.

Miguel Borja

O atacante de 28 anos foi revelado pelo Deportivo Cali, da Colômbia, onde estreou como profissional. O atleta passou pelo Cúcuta, mas se destacou no Cortuluá, onde ficou até 2013, antes de ir para o La Equidad. Foi contratado pelo Livorno, da Itália, mas não teve sequência. Passou pelo Olimpo, da Argentina, mas logo voltou à Colômbia onde defendeu o Santa Fe e mais uma vez o Cortuluá, onde foi artilheiro da segunda divisão. Contratado pelo Atlético Nacional, foi artilheiro da Libertadores e destaque da equipe, chamando a atenção do Palmeiras. Pelo Verdão, ficou de 2017 a 2019, conquistou o Brasileirão em 2018, mas sempre com críticas dos torcedores pelos gols perdidos. De volta à Colômbia em 2020, tem sido o principal jogador do Junior Barranquilla nas últimas duas temporadas.

Leia mais:
De fuga e insegurança a destaque e titularidade: como Patrick de Paula saiu de comunidade no RJ para se tornar peça-chave no Palmeiras

As melhores notícias de esportes, direto para você