Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em reavaliação, Santos deve liberar jogadores após chegada de reforços

Até a 2ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro e a 3ª fase da Copa do Brasil, clube anunciou quatro reforços. Nesse sentido, uma das consequências dessa ação é a possível liberação de outros jogadores do Santos durante esta temporada.

Pedro Moraes
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Ivan Storti / Santos FC

Desde o dia 7 de maio de 2021, o Santos intensificou a reformulação no elenco à disposição para a atual temporada. Por consequência à contratação do novo técnico, Fernando Diniz, o Peixe tem reavaliado a utilidade de seus atuais jogadores.

Isso porque após 20 dias de trabalho e reuniões constantes entre a diretoria santista e o treinador, o time da Vila Belmiro anunciou as duas primeiras contratações para suprir carências no plantel.

O primeiro jogador contratado para a temporada foi o lateral-esquerdo Moraes. Aos 23 anos, o defensor chegou ao Santos por empréstimo até o dia 30 de abril de 2022, após disputar o Campeonato Paulista pelo Mirassol.

Algumas horas depois, no mesmo dia, o clube oficializou outro reforço. Desta vez, o atacante Marcos Guilherme, um dos pedidos de Fernando Diniz. Além do atacante, que foi cedido pelo Internacional até 30 de junho de 2022, outros dois atletas foram anunciados.

O zagueiro Danilo Boza, companheiro de Moraes no Mirassol, bem como o meio-campista Vinicius Zanocelo, emprestado pela Ferroviária até fim de maio de 2023, com opção de compra e passe fixado, são, até então, os mais recentes contratados do Peixe.

Jogadores emprestados e outros atletas em avaliação por Diniz no Santos

Há dois dias, o Santos emprestou os atacantes Rodrigão e Allanzinho para Ponte Preta e Guarani, respectivamente. Do mesmo modo, o colombiano Copete, maior artilheiro estrangeiro da história do clube, se despediu oficialmente do elenco santista nesta quinta-feira (10).

Ainda assim, outros atletas com pouca rodagem no time principal seguem sendo avaliados por Diniz. Guilherme Nunes, Anderson Ceará, Lucas Lourenço, Renyer, Lucas Venuto e Bruno Marques são os principais nomes que estão sendo monitorados.

A projeção do executivo de futebol André Mazzuco e do técnico é reduzir o elenco nos próximos dias e semanas. A proposta inicial é dar minutagem e experiência a esses jogadores em outras equipes.

Por outro lado, o Peixe ainda corre atrás de novas contratações. Uma das prioridades da comissão técnica e da direção é reforçar, sobretudo, o setor de meio-campo.

O Santos ainda busca outras contratações. A prioridade é reforçar o meio-campo, já que o meia Carlos Sánchez (de contratado renovado até 22 de julho de 2023) deve ficar ausente por mais três semanas, uma vez que se encontra em fase final de recuperação da cirurgia no joelho esquerdo.

LEIA MAIS

Santos inicia conversas com clube português por jogador que está emprestado ao Red Bull Bragantino

Diniz vê Santos bem contra Cianorte, mas avisa sobre ‘oscilações’ do time

As melhores notícias de esportes, direto para você