Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Scarpa explica revolta ao ser substituído em jogo do Palmeiras: “coisas que acontecem”

Scarpa vem vivendo bom momento com a camisa do Palmeiras nesta temporada

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

A atitude do meia Gustavo Scarpa, ao ser substituído na vitória do Palmeiras sobre o CRB por 1 a 0 pela Copa do Brasil, viralizou nas redes sociais na última semana. Nessa segunda-feira (7), o camisa 14 falou pela primeira vez sobre o ocorrido e até brincou.

Ao ser substituído aos 14 minutos do 2º tempo, o meia deixou o campo bravo, chegando a chutar o banco de reservas e atirar uma garrafa no chão. Scarpa minimizou a situação.

“Foi bem tranquilo, coisas que acontecem. Ele é experiente no futebol, eu não sou mais menino. Tiramos de letra. O pessoal tentou fazer uma tempestade no copo d’água, mas não deu certo. Ficou de boa”, falou Scarpa, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Apesar de ser meia, Gustavo Scarpa atuou em vários jogos de 2020 como lateral-esquerdo, sob o comando de Abel Ferreira. Mas, nessa temporada vem tendo mais oportunidades jogando em sua posição de origem.

“Sempre ser escolhido para jogar fora de posição tem hora que enche o saco (risos). Quando o time vai mal geralmente sobra para o cara que está fora de posição. Não dá para me comparar com Dudu, Rony, Wesley, outro estilo de jogo. É um pouco chato quando você começa a ser utilizado apenas em outra posição e não tem sequência. Em um jogo entra de ponta, depois em outra ponta, na lateral… Estou feliz e agradeço ao Abel, ele me chamou para conversar e disse que eu ia brigar por vaga na minha posição nesta temporada”, declarou o camisa 14.

LEIA MAIS: