Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

7 promessas do Fluminense que não vingaram

Relembre alguns jogadores que surgiram com grande potencial na base, mas acabaram não dando certo no profissional

Guilherme Lopes
Estudante de Jornalismo, apaixonado pelas estatísticas do bom jogo. Vivo e penso sobre futebol o dia todo.

Crédito: Divulgação/Fluminense FC

A partida dessa quinta-feira, marca um confronto de duas equipes que costumam revelar grandes jogadores no futebol brasileiro: Fluminense e Santos! Por outro lado, você se recorda de algumas jovens promessas que não deram certo no Tricolor das Laranjeiras? Veja a lista com sete nomes.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

1 – Kléver

A princípio estava sendo “lapidado” para ser o substituto de Cavalieri no futuro, já que Ricardo Berna e Fernando Henrique acabaram caindo de produção. Atualmente o jogador defende o Boavista.

2 – Wallace

Lateral-direito, foi mais um de “Xerém” vendido para o Chelsea por 8,6 milhões de euros. Na Europa não vingou, rodou por Internazionale, Vitesse e Carpi, logo voltando ao futebol brasileiro para atuar no Grêmio. Hoje joga no Figueirense.

3 – Dalton

É bem verdade que a pressão no jogador foi gigantesca, o zagueiro surgiu logo depois da saída do ídolo, Thiago Silva. Após conquistas e atuações sólidas na base, a expectativa era que Dalton repetisse o feito do “monstro”, em síntese algo que nunca ocorreu. Se aposentou após deixar o Bangu em 2018.

4 – Lucas Patinho

Com diversas convocações para a Seleção de base, o meio-campista era considerado uma das maiores joias do Fluminense. Foi emprestado para o Sporting B em 2012 até rodar por cerca de onze times, atualmente está sem clube.

5 – Lenny

Uma das maiores promessas do futebol brasileiro, chamou atenção em 2006 por seu estilo atrevido de jogo, foi campeão em 2007 da Copa do Brasil pelo tricolor. Após sete meses no Braga, acabou negociado para o Palmeiras, entretanto, no verdão começou a decadência do atacante. No dia 15 de março de 2020, o jogador anunciou sua aposentadoria.

6 – Matheus Carvalho

Outra grande promessa do Fluminense, fez parte do elenco bicampeão brasileiro. Em 2013 chegou a ser emprestado para o Monaco, contudo, pouco atuou na França. No ano de 2019 participou da campanha vitoriosa do Náutico na Série C, clube que defende até hoje.

7 – Rodrigo Tiuí

Um dos artilheiros de Xerém, no profissional marcou apenas 7 gols em 39 jogos, sendo emprestado para o Sporting, Santos, Noroeste, Athletico Paranaense, Terek Grozny, Criciúma e Náutico. Depois de deixar o Uberaba, se aposentou em 2019.

LEIA MAIS

Por onde andam os artilheiros das últimas dez edições do Brasileirão

7 promessas do Santos que não vingaram

As melhores notícias de esportes, direto para você