Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Trail Blazers e Stotts encerram contrato em comum acordo

O Portland Trail Blazers e o técnico Terry Stotts, encerraram contrato em acordo por ambas as partes

Marcelo Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Neil Olshey, presidente de operações de basquete do Trail Blazers, veio a público em doloroso comunicado. “Tenho o maior respeito por Terry e pelo que ele conquistou nas últimas nove temporadas. Está foi uma decisão difícil tanto em nível pessoal quanto profissional, mas é do interesse da franquia seguir em outra direção.”

Embora os números de Scotts, 63, sejam dignos de recordes na franquia de Óregon, o fato de sua equipe ter sido eliminada para o Denver Nuggets na primeira rodada da pós-temporada contou bastante. Revés que acumulou a quarta vez em cinco anos que o Portland não passa do primeiro round dos playoffs da NBA.

Terry ejeta dos Trail Blazers como o segundo técnico mais vencedor da história dentro da franquia com 402 vitórias em temporada regular. Mas também levando nas costas 318 derrotas. Percentuais que mostram Scotts caminhando bem na temporada regular mais cometendo erros em guiar Damian Lillard na pós-temporada.

De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN Americana, os nomes do assistente do Los Angeles Clippers, Chauncey Billups, o ex-técnico da NBA, Jeff Van Gundy, o assistente do Brooklyn Nets, Mike D’Antoni e o treinador do Michigan Wolverinee, Juwan Howard estão entre os candidatos à vaga. Além do assistente do Los Angeles Lakers, Jason Kidd correr por fora nos principais alvos de Portland.

Desde quando foi draftado pelo o próprio Trail Blazers na 6° escolha no geral do NBA Draft 2012, Lillard não foi treinado por nenhum outro coach e de acordo com com Chris Haynes, do Yahoo Sports, o jogador terá grande responsabilidade na escolha do seu próximo comandante.