Torcedores – Notícias Esportivas

Eurocopa: Ucrânia bate Macedônia e segue com chances

Yarmolenko e Yaremchuk marcaram para os ucranianos e Alioski diminuiu; Malinovskiy perdeu pênalti no final

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Robert Ghement - Pool/Getty Images

A Ucrânia bateu a Macedônia do Norte por 2 a 1 partida desta quinta-feira (17) da Eurocopa 2020. O jogo foi válido pela segunda rodada do grupo C e representou a primeira vitória ucraniana na competição desde 2012, assim como a segunda derrota seguida dos macedônios.

O time vencedor encara agora a Áustria, na segunda-feira (21), as 13h, precisando de uma vitória para se classificar, contanto que os austríacos não vençam a Holanda no jogo de logo mais. A equipe derrotada, por sua vez, se despede do torneio contra a Holanda, no mesmo dia e horário.

Os gols de Ucrânia x Macedônia do Norte

Os gols da Ucrânia foram marcados por Yarmolenko e Yaremchuk. O primeiro saiu aos 29 do primeiro tempo. O atacante do West Ham completou um cruzamento rasteiro pela direita e só precisou empurrar para o gol se goleiro.

O segundo saiu pouco depois, aos 34 do primeiro tempo. Yaremchuk, atacante do Genk (BEL), recebeu bela enfiada de bola de Malinovskiy e só precisou tocar na saída do goleiro.

Já o gol da Macedônia do Norte foi marcado por Alioski. O jogador do Leeds United cobrou pênalti sofrido por Pandev e precisou dar um sem-pulo, no rebote, para empurrar a bola de vez para as redes.

O jogo Ucrânia x Macedônia do Norte

O jogo entre Ucrânia x Macedônia do Norte foi bastante agitado. Os ucranianos foram donos do primeiro tempo, conseguindo trocar passes e ter um volume ofensivo bastante interessante, muito a partir da regência do volante Zinchenko e com a movimentação inteligente de Malinovskiy.

Os atletas de Manchester City e Atalanta (ITA), respectivamente, foram as principais forças criativas da Ucrânia. As forças, letais, no entanto, foram os atacantes Yarmolenko e e Yaremchuk, que construíram o placar parcial de 2 a 0 na metade do primeiro tempo.

Os macedônios foram mais tímidos, mas tinham Pandev, que fez um golaço aos 38 minutos, costurando a defesa e encobrindo o goleiro. O tento teria diminuído o placar, não fosse a posição de impedimento marcada. O lance, no entanto, serviu de aviso — que a Ucrânia não entendeu.

No segundo tempo, animada pelo lance de seu capitão, a Macedônia do Norte se lançou a frente e quase conseguiu seu primeiro gol logo no primeiro minuto. Já aos 12, Pandev apareceu de novo, sofrendo pênalti em rebote de um chutaço que terminou na trave. Alioski, na cobrança (ou melhor, no rebote) marcou.

Depois do gol, a partida ganhou em tensão, mas perdeu oportunidades. Pelo menos até os 38 minutos, quando o VAR recomendou a revisão de um chute ucraniano que desviou na defesa macedônia. O árbitro foi até o monitor e marcou pênalti.

A chance era de Malinovskiy consagrar a grande partida. O meia ucraniano bateu forte, mas o goleirão Dimitrievski foi buscar. A Macedônia do Norte até tentou se empolgar com a sobrevida, tentando um abafa nos minutos finais, mas sem sucesso. No placar final, 2 a 1 para a Ucrânia.

Ucrânia (4-3-3): Bushchan; Karavaev, Zabarnyi, Matviyenko, Myrolenko; Shaparenko, Stepanenko, Zinchenko; Malinovskiy, Yaremchuk, Yarmolenko. Técnico: Andreiy Shevchenko

Macedônia do Norte (3-5-2): Dmitrievski; Ristovski, Velkovski, Musliu; Nikolov, Spirovski, Bardhi, Alioski e Ademi; Elmas e Pandev. Técnico: Igor Angelovski.

Gols: Yarmolenko, da Ucrânia, aos 29′ do primeiro tempo; Yaremchuk, da Ucrânia, aos 35′ do primeiro tempo; Alioski, da Macedôia do Norte, aos 12′ do segundo tempo.

LEIA MAIS

Eurocopa: Itália controla o jogo, bate a Suíça e se classifica

Bale isola pênalti, mas comanda vitória de Gales contra Turquia