Antigo alvo de Palmeiras e Santos, Heinze é demitido de time da MLS após limitar água e queixa formal dos jogadores à liga

Aos 43 anos, Heinze acumula passagens como técnico do Godoy Cruz, Argentino Juniors e Velez Sarsfield, todos da Argentina

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Twitter Atlanta United

O ex-jogador argentino Gabriel Heinze foi demitido do comando técnico do Atlanta United, dos Estados Unidos, depois de seis meses no cargo e apenas 17 jogos disputados. De acordo com informações do “Fox Sports” norte-americano, o treinador tinha péssimo relacionamento com elenco e acumulou uma série de polêmicas no curto período em que esteve no clube.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

+ Além de Wesley, outro jogador do Palmeiras recebe proposta de clube da MLS, mas negociação não avança; veja os valores

Segundo a emissora, Heinze limitou a quantidade de água que os atletas podiam beber durante os treinos da pré-temporada – com a medida, os médicos do clube foram forçados a intervir na situação. Além disso, o argentino se recusou a conceder folgas garantidas previamente aos jogadores, e exigia que todos estivessem disponíveis para se apresentarem a qualquer momento no centro de treinamento.

Ainda de acordo com a reportagem, a situação estava tão crítica que os atletas acabaram recorrendo à Associação de Jogadores da MLS e prestaram uma queixa formal à liga citando inúmeras violações do acordo coletivo de trabalho.

“Foi um inferno todos os dias durante seis meses”, disse uma pessoa ouvida pelo Fox Sports. “A tática e o futebol são uma coisa, mas havia tanta coisa acontecendo fora do campo que os jogadores ficavam mentalmente esgotados diariamente”, admitiu uma fonte ligada ao clube.

O nome de Heinze ganhou força no futebol brasileiro na temporada passada, quando o argentino chegou a ser sondado pelo Palmeiras para assumir o cargo deixado por Vanderlei Luxemburgo – sem sucesso, o clube Alviverde fechou com Abel Ferreira. O Santos tentou a contratação do argentino em 2019, após a saída de Sampaoli, mas também sem sucesso.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Palmeiras recusa proposta de R$ 75 milhões da MLS por Rony
Catar, Arábia Saudita e Turquia: Abel Ferreira recusa investidas para deixar o Palmeiras; clube cogita renovação desde maio

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes