Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Barcelona se pronuncia sobre vídeo polêmico de Griezmann e Dembélé; clube irá “tomar medidas internas”

Jogadores foram acusados de racismo por vídeo de 2019 que foi vazado recentemente; Barcelona pede desculpas

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Divulgação

O Barcelona se pronunciou sobre o polêmico vídeo que vazou de Antoine Griezmann e Ousmane Dembélé em 2019, em que eles zombam de alguns trabalhadores asiáticos durante a concentração em um quarto de hotel. Os jogadores foram rotulados de racistas, mas negaram que tenham sido.

Eles pediram desculpas pelo incidente, e Griezmann chegou a perder um patrocinador. O presidente da Rakuten, principal patrocinador do Barça, pediu esclarecimentos ao clube, que assim o fez nesta quarta-feira (7).

Através de uma declaração oficial, o clube disse “lamentar profundamente o descontentamento entre os adeptos japoneses e asiáticos e os colaboradores do nosso clube” pela gravação. O clube admite que a atitude de Dembélé e Griezmann foi uma “falta de respeito” para com os colaboradores, e que isso “não coincide com os valores que o FC Barcelona representa e defende”.

“O FC Barcelona quer pedir desculpas publicamente a todos os fãs e colaboradores do clube que estão insatisfeitos com este acontecimento no verão de 2019, época em que as responsabilidades do Clube recaíam sobre um Conselho de Administração e uma equipe executiva anterior ao atual. O Conselho de Administração que hoje gere o clube compromete-se a não repetir episódios desta natureza ”, diz o comunicado do Barça.

“Os jogadores já demonstraram o seu pesar e pediram desculpas aos adeptos e colaboradores japoneses, algo que o Clube valoriza. No entanto, o FC Barcelona reserva-se o direito de tomar as medidas internas que considerar adequadas”, conclui a nota.

LEIA MAIS:

Momento de angústia! Além de não renovar com Messi, Barcelona pode não conseguir registrar os reforços da temporada
Messi se aproxima de recorde de artilharia em seleções sul-americanas
Mercado da bola: Clube Egípcio sonha em contratar Daniel Alves e revela conversa com Messi