Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíada de Tóquio: Brasil fecha 2º dia do hipismo CCE em 11º

Depois dos 31.20 de Marcelo Tosi e o cavalo Glenfly, foi a vez de Rafael Mamprim Losano e o Fuiloda G, que fechou em 36

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Julian Finney/Getty Images

O Brasil abriu o concurso completo do hipismo de maneira regular. Na primeira etapa do adestramento, disputada pelo cavaleiro Marcelo Tosi, foram 31.50 pontos, que deixaram o brasileiro na 10ª colocação no individual e na 9ª por equipes — o bielorusso Alexandre Zelenko, com 31 pontos, não disputa a prova coletiva.

Na segunda etapa, que contou com o Rafael Mamprim Losano e o cavalo Fuiloda G com 36 pontos de penalidades, o Brasil caiu para a 11ª colocação, com 67.50 na soma.

Quem ainda lidera a prova é o britânico Oliver Townend que, com o cavalo Ballaghmor Class, fez 23.60. Ele foi seguido pelo chinês Alex Hua Tian (23.90) e pela alemã Julia Krajewski (25.20) — a competição premia aqueles com a menor pontuação, dada a partir da quantidade de penalidades.

Já Tosi caiu da 10ª para a 16ª posição após os cavaleiros da segunda etapa. Vale lembrar  há mais uma fase do adestramento, disputada por outros cavaleiros. Ela acontece ainda hoje, às 20:30, na vez de Carlos Parro e seu Goliath buscarem a pontuação para o Brasil.

Depois do adestramento, o hipismo do Brasil volta no sábado (31) para o cross-country, a segunda fase do concurso completo, que vai  novamente com os três brasileiros em ação. Depois, no domingo (1), a prova é completa com o salto.

As três fases se somam para as provas individuais e também para a por equipes. Em ambas as ocasiões, ganham as menores notas.

Notas do Brasil na 1ª etapa do hipismo por adestramento

  •  Marcelo Tosi (Glenfly): 31.50
  • Rafael Mamprim Losano (Fuiloda G): 36

LEIA MAIS

Olimpíadas: Macris inicia fisioterapia e já reage bem ao tratamento

“Fosbury Flop”: O movimento revolucionário do salto em altura

Brasil deve ter volta de titulares para encarar o Canadá pelas Olimpíadas; veja a provável escalação da Seleção feminina