Mistério? Pia evita revelar time do Brasil para estreia nas Olimpíadas de Tóquio

Técnica da seleção feminina sugere que mistério pode ‘ser bom para os brasileiros’ na partida contra a China, estreia em Tóquio-2020

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Sam Robles/CBF

O Brasil inicia na madrugada desta quarta-feira (21) mais uma participação da Seleção no torneio feminino de futebol das Olimpíadas de Tóquio, enfrentando a China. Mas para o torcedor e torcedora, o time que deve encarar as chinesas apenas está na cabeça da técnica Pia Sundhage.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

A treinadora da Seleção concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira e procurou manter o mistério sobre o time que entrará em campo em Miyagi. O tom permeou toda a fala da sueca sobre o que pretende apresentar para a partida de estreia do Brasil nos Jogos de Tóquio-2020

“Eu gosto da palavra mistério porque é o que é sobre o futebol. Você se prepara para o sucesso. Sim, eu espero que o mistério seja uma surpresa boa para os brasileiros  e difícil para as jogadoras chinesas”, declarou Pia na coletiva.

Se o mistério sobre o time que entrará em campo existe, este não existe para a técnica da seleção feminina no que ela acredita que o time deve apresentar durante os Jogos. Pia Sundhage acredita que o o Brasil ‘está pronto’ para a competição depois do tempo de preparação e que o time não abandonará o estilo que apelidou de ‘samba style’ na busca pelo inédito ouro.

“O Brasil está pronto, com certeza. Fizemos as prioridades em dois anos. Acredito que a defesa hoje é mais sólida e o ataque está um pouco mais sólido. É questão de estarmos todas na mesma página. Mas eu nunca afastaria o ‘samba style’, o estilo brasileiro que Marta me surpreendeu. Amo isso. Esse mix vai nos levar para muitos jogos nestas Olimpíadas”, ressaltou.

LEIA MAIS

Olimpíada de Tóquio: Tudo indica que a polícia encontrou atleta de Uganda desaparecido no Japão