Brasileirão: Cinco gols foram marcados nos acréscimos na 12ª rodada

Alguns mudaram o rumo das partidas no Campeonato Brasileiro 

Beatriz Paparazo
Jornalista formada pela Anhembi Morumbi em 2018 e Editora no Torcedores.com desde maio de 2019 Contato: beatriz.araujo@navve.com

Crédito: Cesar Greco/ Palmeiras

Acabou ontem, 19, a 12ª rodada do Brasileirão e em quatro jogos os gols nos acréscimos foram marcados. Isso porque em uma única partida o mesmo time balançou as redes duas vezes após os 45 minutos. Alguns desses gols foram importantes e evitaram derrotas, confira como foi:

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Ceará 1 x 0 Athletico 

A partida estava empatada até o fim do tempo regulamentar. Com oito minutos de acréscimos, Wendson balançou as redes e deu os três pontos para o Ceará.

O Athletico, que chegou a ser líder do Brasileirão, não vence há três jogos. Por outro lado, o Vozão não sabe o que é uma derrota há oito partidas.

Chapecoense 2 x 3 Cuiabá 

A Chapecoense abriu o placar com Geuvânio e, dois minutos depois, levou o empate. 

Em menos de cinco minutos o clube catarinense já estava na frente do placar novamente. Nos acréscimos da primeira etapa, Felipe Marques deixou a partida igual, de novo.

Bem no finalzinho do jogo, aos 43 minutos, o Cuiabá marcou o gol da virada com Elton e garantiu a vitória.

Com a derrota, a Chapecoense se tornou o único time que não venceu ainda no Campeonato Brasileiro. São apenas quatro pontos conquistados em 12 rodadas da competição.

Atlético-GO 0 x 3 Palmeiras

A partida não teve um, mas dois gols nos acréscimos. Depois de uma boa jogada de Willian, Éder marcou gol contra para o Palmeiras

Após o tempo regulamentar, no fim do segundo tempo, Gustavo Scarpa saiu do banco para deixar o dele. Ainda deu para Breno Lopes balançar as redes para fechar o placar e consagrar o Palmeiras na liderança.

Essa foi a sexta vitória consecutiva da equipe paulista, que está com três pontos de vantagem para o segundo colocado, Atlético-MG.

Por outro lado, o Atlético-GO não sabe o que é ganhar há três partidas, onde empatou dois jogos e perdeu um, para o Palmeiras.

Red Bull Bragantino 2 x 2 Santos

Logo aos dez minutos do primeiro tempo, o Red Bull Bragantino abriu o placar do jogo. 

Na segunda etapa, Marcos Guilherme deixou tudo igual. Menos de 15 minutos depois, o Massa Bruta estava na frente novamente. 

Com cinco minutos de acréscimos na etapa final, o garoto Marcos Leonardo garantiu o empate para o Santos fora de casa.

Esse foi o terceiro empate consecutivo do Red Bull Bragantino, que já foi líder da competição e hoje é o quarto colocado. Única equipe invicta na competição.

O Santos vinha de uma derrota no clássico contra o Palmeiras e está na décima colocação do Brasileirão.

Leia mais:

Cai mais um técnico do Brasileirão Série B: Confira a lista de mudanças que aconteceram na competição

Edílson aponta equipe favorita para vencer o Brasileirão: “Tá com sorte de campeão”

Foi ou não foi pênalti para o Palmeiras na Libertadores? Comentaristas do Jogo Aberto opinam