Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Chegada de Jorge ao Palmeiras evita Flamengo de ganhar “bolada”; entenda

Lateral-esquerdo assina com o Palmeiras até 2025

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Divulgação/Palmeiras

O Palmeiras anunciou na noite desta sexta-feira (23) a contratação do terceiro reforço para a temporada. O lateral-esquerdo Jorge, vindo do Monaco, da França, assinou com o Verdão até dezembro de 2025 – antes haviam sido contratados os meio-campistas Danilo Barbosa e Matheus Fernandes.

Na negociação, o Verdão não vai gastar nem um centavo para ficar com 50% dos direitos econômico do jogador de 25 anos, o que vai frustrar o Flamengo.

O Rubro-Negro carioca tinha a expectativa de receber uma “bolada” na possível venda, por ser um dos clubes formadores de Jorge.

Jorge deixou o Ninho do Urubu no ano de 2017, quando foi vendido ao Monaco, da França por 9 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões na cotação da época). Posteriormente, o lateral-esquerdo acumulou três empréstimos sucessivos: foi para o Porto, retornou ao Brasil para defender o Santos e, por último, esteve no Basel, da Suíça.

Antes do Palmeiras fechar negócio, a expectativa era que a equipe do Principado não liberaria o brasileiro por menos de 6 milhões de euros (R$ 36.8 mi), avaliando que ele tem um bom mercado.

Neste caso, o Flamengo teria direito a cerca de 3,2% da negociação, com base no mecanismo de solidariedade da Fifa, onde os clubes participaram do início da carreira do jogador têm direito a até 5% do valor total de uma negociação. Assim, o Rubro-Negro poderia embolsar pouco mais de R$ 1,1 milhão.

Jorge deve se apresentar ao Palmeiras na segunda-feira (26)

Na negociação com o Monaco, a diretoria do Verdão conseguiu trazer o atleta sem custos. O time francês aceitou a proposta de permanecer com 50% dos direitos do atleta caso liberasse Jorge agora ao clube brasileiro.

O contrato do lateral na França tinha validade somente até junho de 2022, ou seja, ele poderia assinar um pré-contrato com outro clube e sair de graça a partir de janeiro do ano que vem.

“Fala, Família Palmeiras! Estou muito feliz de chegar a esse grande clube e ansioso para vestir essa camisa. Espero retribuir o carinho da torcida com dedicação dentro de campo e, se Deus quiser, conquistar títulos junto a esse elenco campeão. Avanti, Palestra”, disse o novo jogador alviverde.

LEIA MAIS: