Torcedores – Notícias Esportivas

Cria do São Paulo troca o Benfica por clube dos Emirados Árabes

Caio Lucas assinou contrato com o Al Sharjah até dezembro de 2024

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Al Sharjah

Caio Lucas não é mais jogador do Benfica. A diretoria sacramentou a venda do atacante de 27 anos para o Al Sharjah, dos Emirados Árabes. De acordo com o jornal “O Jogo”, a transferência foi fechada na manhã desta terça-feira após uma reunião com representantes dos dois clubes.

Ainda segundo a publicação, o Benfica vai receber 2 milhões de euros (R$ 12,2 milhões, pela cotação atual) pelos direitos econômicos do atleta. A princípio, o contrato de Caio Lucas com o al Sharjah vai até dezembro de 2024.

Além disso, o acordo prevê a extensão do vínculo por mais uma temporada e o pagamento de bonificações por metas atingidas ao longo do compromisso. O Al Sharjah exerceu o direito de compra após o atacante marcar 10 gols em 36 jogos pelo clube.

A princípio, sua permanência no Al Sharjah teve influência de Abdualaziz Al Yassi. Afinal, o treinador é fã declarado do futebol praticado pelo o atleta. Com isso, Caio Lucas aumenta a lista de jogadores brasileiros que irão defender o clube na próxima temporada.

Além de Caio Lucas, o Al Sharjah conta com Gustavo Alemão (ex-Flamengo), Marcus Meloni (ex-Palmeiras), Luanzinho (ex-Avaí), Caio Rosa (ex-Cruzeiro), Juninho (ex-Ponte Preta), Philippe (ex-Vila Nova), Jonathas (ex-Corinthians) e Welliton (ex-Goiás em seu elenco.

Caio Lucas ganhou projeção internacional após ser o algoz do River Plate no Mundial de Clubes da Fifa em 2018. Ele fez um dos gols do empate por 2 a 2 no tempo normal e prorrogação. Nos pênaltis, o brasileiro guardou o dele decretando a eliminação dos argentinos na competição.

A carreira de Caio Lucas

Nascido em Araçatuba, São Paulo, Caio Lucas Fernandes é cria do São Paulo. Ele, inclusive, surgiu na geração que revelou o goleiro Ederson (Manchester City), o zagueiro Rodrigo Caio (Flamengo), o meia Lucas Piazón (Braga) e atacante Ademílson (Wuhan Three Towns).

Ele, porém, deixou o futebol brasileiro sem nunca ter atuado profissionalmente pelo São Paulo. Posteriormente, o atacante se transferiu para o futebol asiático onde teve passagem destacada pelo Kashima Antlers. Nesse ínterim, fez 27 gols em 110 partidas entre 2014 e 2016.

Logo após deixar o Japão, Caio Lucas rumou para o Oriente Médio. Lá, teve boa passagem pelo Al Ain, dos Emirados Árabes, onde disputou 120 partidas e marcou 48 gols. Por isso, o atleta entrou no radar de clubes europeus.

Em janeiro de 2019, Caio foi contratado sem custos ao Benfica. Indicado pelo então técnico Bruno Lage, o brasileiro não conseguiu não teve boas atuações nos 11 jogos que fez com a camisa encarnada. Por isso, acabou sendo emprestado para o Al Sharjah.

LEIA MAIS: 

Alvo de Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG, Balbuena acerta com clube russo e quebra recorde salarial 

Ex-meio-campista de Botafogo, Corinthians e Vasco está de saída do Marítimo

Reforços no Grêmio? Negociações estão paradas até a chegada do novo treinador