Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-enfermeiro, iraniano conquista ouro em primeira Olímpiada

Javad Foroughi bateu o sérvio Damir Mikec com marca inédita nos Jogos Olímpicos. O atleta fez sua estreia na competição aos 41 anos

Wemerson Ribeiro
Formado em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi, com passagem pelo Portal R7, como estagiário, na editoria de Esportes.

Crédito: Divulgação/Twitter Tokyo 2020

O atleta do Irã Javad Foroughi alcançou o lugar mais alto do pódio na manhã deste sábado (24) em Tóquio, no Japão. Representante do país na categoria pistola de ar 10m, ele conquistou o ouro em sua primeira aparição em Olimpíada.

Na final contra o atleta Damir Miked, da Sérvia, Javad chegou aos 244.8 pontos e quebrou o recorde olímpico. Foi a primeira medalha do país nestes Jogos Olímpicos. Na Rio 2016, os representantes asiáticos levaram para casa oito medalhas, sendo três delas de ouro.

Antes da Olimpíada

Javad Foroughi começou a treinar apenas em 2017 e tinha como principal meta o ouro já nesta Olimpíada. Antes disso, ele teve experiência com o tiro de rifle na universidade.

Por um tempo, o agora campeão olímpico teve como sua principal ocupação a função de enfermeiro no hospital de Ilão, província do Irã. Em entrevista ao site Olympics, Javad declarou que saía do treino para trabalhar, mesmo sabendo que seus turnos à noite poderiam atrapalhar seu desempenho esportivo.

LEIA MAIS: