Gleisi Hoffmann propõe emenda à “Lei do Mandante” para beneficiar torcidas organizadas e é criticada no Twitter; confira

Deputada federal, Gleisi Hoffmann (PT-PR) propôs que parte dos montantes arrecadados na Lei do Mandante fossem destinados às torcidas organizadas

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Nesta quarta-feira (14), a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR) causou polêmica. Por meio do Twitter pessoal da congressista, ela anunciou uma emenda ao Projeto de Lei 2336. Conhecida como “Lei do Mandante”, o projeto muda os direitos de transmissão das partidas esportivas. Antes, era necessário que a mesma emissora tivesse contrato com o mandante e com o visitante. Agora, a empresa que tiver contrato com o clube local transmitirá a peleja.

A proposta de Gleisi Hoffmann propõe que parte de tais valores sejam destinados às torcidas organizadas das equipes. Citando a numeração errada do Projeto de Lei (corrigida posteriormente), o anúncio se deu da seguinte maneira:

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Tão logo a proposta de Gleisi Hoffmann foi revelada, muitos fizeram críticas. Confira algumas:

Mais algumas:

LEIA MAIS
Presidente da Câmara durante impeachment de Collor, Ibsen Pinheiro participou de históricas diretorias do Internacional
Líderes das pesquisas das eleições argentinas torcem para atuais ponteiros da Superliga
Família do novo presidente do Sport é ligada a Bolsonaro; entenda