Grêmio vê Paulinho como solução de curto prazo e confirma onde irá investir para reforçar o time

Presidente Romildo Bolzan Júnior deu a sua opinião sobre Paulinho e negociações futuras

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Lucas Figueiredo /Divulgação - CBF

A busca do Grêmio por reforços no mercado de transferências está bem filtrada internamente. Em entrevista aos canais oficiais do clube, o presidente Romildo Bolzan Júnior foi claro sobre os objetivos para a equipe: meio-campista e atacante. Dessa forma, o nome de Paulinho ganhou ainda mais força. Contudo, o mandatário foi muito claro sobre suas ideias para o jogador.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Grande jogador! Recebi ótimas informações dele, muito competitivo e profissional. Todos falam maravilhas. Eu não sei como está seu estado atlético hoje a ponto de estar aqui e assumir uma titularidade, se vier. Tudo isso será avaliado. Particularmente, eu gostava muito dele lá no Corinthians e quando jogou no Barcelona. É um jogador que tem enorme bagagem e trajetória, mas não é um jogador que possa nos atender a longo prazo. É um atleta que pode nos atender de uma maneira momentânea, no máximo por um ano”, refletiu Romildo Bolzan Júnior.

O presidente gremista deixou claro que a busca do clube está centrada nas opções europeias. Isso se deve ao fato dos olheiros do Grêmio não terem identificado possíveis alvos no cenário sul-americano. Conforme Bolzan Júnior, não há pressa para as contratações, uma vez que a janela só abrirá em agosto.

O Grêmio tem goleiros

Mesmo que Felipão tenha pedido publicamente por um goleiro mais experiente, a direção convenceu o treinador que não há necessidade. O treinador irá apostar nos jovens que vem dando resposta até agora: Brenno, Chapecó e Adriel. Os atletas formados no tricolor gaúcho terão caminho aberto para provarem seus talentos no grupo profissional.

“Nós não precisamos contratar um novo goleiro pois temos perspectiva com os jovens jogadores da base”, destacou o presidente.

LEIA MAIS: