Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Eliminado, Harden verá ex-Rockets serem campeões da NBA antes dele

A NBA Finals de 2021, entre Suns e Bucks, consagrará como campeão um dos antigos companheiros de James Harden no Rockets, Chris Paul ou PJ Tucker

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Ezra Shaw/Getty Images

Chris Paul, James Harden, Trevor Ariza, PJ Tucker e Clint Capela. Essa é a escalação-base do Houston Rockets entre 2017 e 2019, considerada uma das mais fortes da história da franquia. A equipe, no entanto, não conseguiu atingir sequer as finais da NBA. Mas terá um de seus ex-membros sagrando-se campeão em 2021.

A NBA Finals 2021 colocará frente a frente, afinal, Chris Paul, armador do Phoenix Suns, e PJ Tucker, ala-pivô do Milwaukee Bucks. Um deles, inevitavelmente, receberá o anel no começo da temporada 2021-2022.

Os dois, inclusive, se transferiram “juntos” ao Houston Rockets. Na offseason  de 2017, Paul foi envolvido em uma blockbuster trade entre a franquia texana e o LA Clippers, onde atuava desde 2011; Tucker, por sua vez, era um agente livre depois uma rápida passagem pelo Toronto Raptors, onde, curiosamente, estreou como profissional.

Junto de James Harden, a dupla ajudou a levar o Rockets à final da Conferência Oeste de 2018 e às semis de 2019. Em ambas oportunidades, a franquia caiu diante do Golden State Warriors de Steph Curry, Kevin Durant e Klay Thompson.

As saídas de Chris Paul e PJ Tucker do Houston Rockets

Na temporada seguinte, no entanto, Chris Paul foi trocado por Russel Westbrook e foi para no Oklahoma City Thunder. A negociação teria sido motivada pela péssima relação entre Paul e Harden. Quis o destino que os dois se enfrentassem nas quartas dos playoffs de 2019-2020. O “Barba” levou a melhor, mas não foi muito além, eliminado pelo Lakers de LeBron James na sequência.

Quando seu contrato de um ano acabou, CP3 juntou-se como agente livre ao Phoenix Suns. A equipe, que tem a jovem estrela Devin Booker, impressionou a liga na “bolha” de Orlando de 2019-2020, vencendo todas as suas partidas, mas não conseguindo a vaga nos playoffs.

PJ Tucker, por sua vez, ficou no Rockets até o começo da atual temporada. Titular e valorizado, sua saída seguiu-se à do próprio Harden, que foi formar um super trio com Durant e Kyrie Irving no Brooklyn Nets. Como a franquia texana foi força a começar uma reconstrução, o ala-pivô pediu uma troca para uma equipe competitiva. E foi parar no Milwaukee Bucks, de Giannis Antetokounmpo.

Chris Paul e PJ Tucker chegam à NBA Finals

As saídas de Tucker e Harden decretaram o “fim” daquele Houston Rockets. Ao mesmo tempo, deram início ao que será a temporada dos sonhos de seus ex-jogadores.

Chris Paul, por exemplo, chegou em sua primeira final de NBA na carreira. Seu plano, portanto, de liderar uma equipe jovem e promissora, deu muito certo. PJ Tucker também teve seu plano bem-sucedido, de se manter competitivo em uma franquia. O ala-pivô tornou-se titular rapidamente, uma das peças-chave da forte defesa do Bucks.

Mas quem terá seus sonhos realizados? Qual o plano será executado à perfeição? É o que veremos nos próximos 16 dias, na NBA Finals 2021.

LEIA MAIS

Entre intrigas, egos e a saída de Russell Westbrook, Houston, nós temos grandes problemas

Preparador físico de Michael Jordan dá nova versão sobre o “Flu Game”: “Pizza causou intoxicação alimentar”

Chris Bassitt afirma que tentou “firular demais” em série do Oakland A’s contra o Houston Astros: “Me culpo muito pela forma como a série acabou”

“Comecem sem ele!”, dizia Westbrook quando James Harden se atrasava para os treinos