Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Humilde, Keno Marley diz que achou justa a decisão dos juízes em sua eliminação do boxe

Brasileiro Keno Marley perdeu por 3×2 no boxe de Tóquio 2020 e já projeta seu retorno em Paris 2024

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: Time Brasil

Com apenas 21 anos de idade, o brasileiro Keno Marley chegou às quartas de final em sua primeira participação do boxe olímpico.

Após a derrota diante do britânico Benjamin Whittaker, acabando com suas chances de levar medalha nas Olimpíadas de Tóquio, ele deu um show de humildade na entrevista concedida ao Sportv.

Keno Marley perdeu na decisão dos juízes na categoria até 81kg – revés por 3×2 – e disse que achou justa a sua derrota.

“Cometi alguns erros e isso acarretou no resultado. Mas estou bem feliz com a minha performance. Na questão do resultado, temos que analisar. Se eu não tivesse cometido os erros, teria ganhado. Eu acho o resultado justo, só depois de avaliação posso falar se teve qualquer tipo de injustiça”, disse.

E o brasileiro agradeceu todos que estiveram envolvidos em sua participação e já projeta seu retorno nos Jogos de Paris em 2024.

“Temos muita coisa para desenvolver. Tem o Mundial Militar, o Mundial de Boxe e Paris 2024. Tenho apenas 21 anos, tempo para trabalhar e umas duas Olimpíadas pela frente”, finalizou.

E MAIS

Confira as cinco marcas que o Brasil já superou nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Boxeador imita Mike Tyson e tenta morder orelha de rival durante luta nas Olimpíadas; assista

Chinês fatura ouro no levantamento de peso usando uma técnica nunca vista antes