Jogos Olímpicos de Tóquio: curiosidades sobre o futebol que você precisa saber

O futebol é uma das principais competições dos Jogos Olímpicos e, em Tóquio, diversas curiosidades rodeiam o torneio que vai rolar em 2021

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Clive Mason/ Getty Images

A expectativa para o futebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio é grande, principalmente para as partidas da seleção brasileira, tanto no masculino quanto no feminino. Com as delegações já prontas para disputar a competição na capital japonesa, a medalha de ouro neste torneio é uma das mais almejadas no mundo inteiro.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Com a popularização do esporte, a FIFA se tornou uma das entidades com mais poder, dentre as esportivas, tendo atualmente 211 países e territórios filiados à organização, o que resulta em um número até maior do que o existente no Comitê Olímpico Internacional. O primeiro torneio olímpico de futebol aconteceu na segunda edição dos Jogos, em Paris, no ano 1900. A partir disso, foi disputado em todas as Olimpíadas, exceto Los Angeles, em 1932.

Em Paris 1924, os Jogos Olímpicos passaram a receber as primeiras equipes da América do Sul, como o Uruguai e a Argentina. Esta mesma seleção uruguaia veio a conquistar a medalha de ouro no futebol, em 1924, e em Amsterdã, em 1928. Isso, inclusive, levou a FIFA a concluir que os Jogos Olímpicos, que ainda eram restritos aos atletas amadores, não permitiam que o a modalidade demonstrasse seu potencial completo. O que levou à criação da Copa do Mundo.

Porém, devido à criação da Copa do Mundo, o futebol acabou ficando de fora dos Jogos Olímpicos de 1932, voltando apenas a 1936. De a948 a 1980, a predominância foi totalmente do Leste Europeu, onde ganharam 23 das 28 medalhas disputadas.

Porém, foi em Los Angeles, em 1984, que foi permitida a participação de atletas profissionais. Com a medida, a FIFA, fez um acordo com as federações da Europa e da América do Sul para que fossem convocados apenas jogadores que nunca haviam disputaram uma Copa do mundo, evitando, assim, que os Jogos Olímpicos ameaçassem o interesse da Copa. Paralelo a isso, as demais seleções ainda poderiam convocar suas maiores estrelas.

Em 1992, a regra mudou. A competição olímpica passou a ser restrita para jogadores de até 23 anos (em Tóquio será até 24, devido ao adiamento da competição). E, com isso, desde 1996, nos Jogos Olímpicos de Atlanta, passou a ser permitido a convocação de 3 jogadores acima da idade limite. Neste mesmo ano, o futebol feminino ganhou destaque, também, na competição, após a criação da Copa do Mundo, da modalidade, em 1991. Porém, ao contrário do masculino, o torneio feminino não tem limite de idade.

O Brasil teve sua primeira participação no futebol dos Jogos Olímpicos em Helsinque, em 1952, perdendo nas quartas de final da competição. A primeira medalha, de prata, veio em los Angeles, em 1984. Já a de ouro, primeira na modalidade para a seleção verde e amarela, aconteceu apenas no Rio de Janeiro, em 2016.

Mais curiosidades do futebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

– Diversos campeões mundiais pelo Brasil já conquistaram medalhas olímpicas. É o caso de Dunga e Gilmar Rinaldi, que foram vice em Los Angeles, ficando com a prata, em 1984. Além disso, Taffarel, Mazinho, Bebeto, Romário e Jorginho foram para em Seul, em 1998. Dida, Roberto Carlos, Rivaldo, Edmílson, e Juninho Paulista conquistaram o bronze, em 1996, nos Jogos Olímpicos de Atlanta. Ronaldinho Gaúcho, ainda, esteve no bronze de 2008, em Pequim.

– O Brasil, que ganhou a medalha de ouro em 2016, no Rio de Janeiro, vai enfrentar a Alemanha na estreia, medalha de prata da competição.

– Alex Morgan, dos Estados Unidos, volta à seleção norte-americana após ter se tornado mãe, em 2020.

– O Uruguai, que venceu a medalha de ouro em 1924 e 1928, voltou à competição Olímpica apenas em 2012, após ficar 84 fora dos Jogos.

– Brasil, Suécia e Estados Unidos são as únicas seleções que disputaram todos os torneios de futebol feminino.

 

LEIA MAIS

Jogos Olímpicos de Tóquio: confira todos os locais que vão receber a competição

Federação Paulista recebe aporte do Governo de São Paulo para a construção de complexo esportivo de futebol americano