Jogos Olímpicos de Tóquio: confira todos os locais que vão receber a competição

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 contam com mais de 25 instalações para abrigar as modalidades da competição; algumas já foram utilizadas em 1964

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Yuichi Yamazaki/ Getty Images

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 começam hoje com as partidas de Softbol, mas este é apenas o início da jornada, na competição. Para abrigar este evento de alta complexidade, a cidade japonesa precisou construir arenas, reformar outras, e, principalmente, pensar em um trabalho logístico de primeira para que tudo saia conforme o planejado.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Pensando nisso, o Torcedores.com listou todos os locais que acontecerão as Olimpíadas, para que você consiga se localizar a cada transmissão e acompanhar o seu esporte preferido da melhor maneira, sabendo tudo o que precisou ser feito para que os competidores estivessem ali, dando um espetáculo a parte.

ESTÁDIO OLÍMPICO

Embed from Getty Images

As instalações do novo Estádio Olímpico foram construídas no mesmo local do anterior, que abrigou os jogos de 1964. Desta vez, custou mais de um bilhão de dólares, e ficou pronto em 2019. Será o palco da cerimônia de abertura, no dia 23 de julho, e de encerramento, dia 8 de agosto. Além disso, vai receber o atletismo e a final do futebol feminino.

ARENA ARIAKE

Embed from Getty Images

A Arena Ariake foi construída especialmente para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e vai receber as partidas de vôlei, na competição.

ESTÁDIO NACIONAL YOYOGI

Embed from Getty Images

Yoyogi ficou famoso por seu teto suspenso, que chama atenção. Foi construído para os jogos de 1964, onde abrigou os esportes aquáticos e partidas de basquete. Porém, em Tóquio 2020, vai abrigar os jogos de handebol.

CENTRO DE GINÁSTICA ARIAKE

Embed from Getty Images

Este complexo é uma instalação temporária que vai receber de braços abertos todas as competições de ginástica: rítmica, de trampolim e artística.

GINÁSIO METROPOLITANO

Embed from Getty Images

O Metropolitano foi construído para o Campeonato Mundial de Lutas, disputado em 1954. Ainda, foi uma das principais instalações dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 1964, onde abrigou o polo aquático e a ginástica. Agora, vai ser a casa do tênis de mesa, na competição.

CENTRO DE TÊNIS ARIAKE

Embed from Getty Images

O nome já diz tudo. Contando com nove quadras de alto padrão, o Centro de Tênis Ariake tem ainda o Coliseu, que é uma das principais instalações da modalidade, no Japão.

NIPPON BUDOKAN

Embed from Getty Images

Bem característico da cultura japonesa, o Nippon Budokan é conhecido como a casa das artes marciais, no país. O local sediou a competição de judô, nas Olimpíadas de 1964, e receberá o mesmo esporte, em 2020. Além disso, também vai abrigar o Caratê, esporte que estreia nos Jogos, este ano.

CENTRO AQUÁTICO

Embed from Getty Images

Construída especialmente para os Jogos Olímpicos de 2020, o Centro vai receber três esportes: a natação, os saltos ornamentais e o nado artístico.

ARENA KOKUGIKAN

Embed from Getty Images

Kokugikan é muito famosa por ser a casa do sumô, no Japão. E este é um esporte de paixão nacional, tradicional em todos os cantos do país. Foi concluído em 1985 e vai receber a competição de boxe, nos Jogos.

PARQUE ODORI

Embed from Getty Images

É claro que não poderia faltar o local do atletismo de rua. O Parque Odori fica em Sapporo, uma ilha de Hokkaido, e vai abrigar a maratona e a marcha atlética.

FÓRUM INTERNACIONAL

Embed from Getty Images

Oito pavilhões, prédio futurista com fachada de aço e vidro no formato de um bote. Este é o Fórum Internacional, que será a casa do levantamento de peso, nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

ESTÁDIO DE BEISEBOL DE FUKUSHIMA

Embed from Getty Images

Esporte tradicional no Japão, o beisebol vai ter mais de uma casa própria. Fukushima, uma das regiões mais atingidas pelo terremoto e tsunami de 2011, vai receber um jogo do beisebol e seis partidas de softbol, inclusive em partida que acontece hoje, entre Austrália e Japão.

SAITAMA SUPER ARENA

Embed from Getty Images

Saitama é uma arena gigante, que abriga diversos esportes, além de ser um dos maiores complexos no Japão, apenas 30km de distância de Tóquio. Desta vez, será a sede do Basquete.

FUJI INTERNATIONAL SPEEDWAY

Embed from Getty Images

Um autódromo nas Olimpíadas? Temos! Localizado em Shizuoka, a 80km de Tóquio, a instalação que já recebeu Fórmula 1, entre outras corridas, vai sediar o ciclismo de estrada.

Outros locais nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

  • Estádio de Tóquio: vai receber o futebol, rugby sevens e pentatlo moderno.
  • Parque Urbano de Ariake: uma instalação temporária, ao lado da Vila Olímpica, que terá as disputas de BMX e skate.
  • Parque Equestre: receberá o hipismo. Ainda, o local também foi utilizado nos Jogos de 1964.
  • Musashino Forest Sport Plaza: ao lado do Estádio de Tóquio, vai sediar o badminton e a preliminar da esgrima, do pentatlo moderno.
  • Marina de Odaiba: vai receber as provas de maratona aquática, além de também sediar o triatlo.
  • Parque Shiokaze: localizado na Baía de Tóquio, vai receber jogos de vôlei de praia, em uma arena construída apenas para a competição.
  • Sea Forest Waterway: também localizado na Baía de Tóquio, será o local da competição do remo e da canoagem de velocidade.
  • Circuito Cross-Country Sea Forest: instalação construída para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, vai receber o cross-country do hipismo.
  • Centro de Canoagem Slalom Kasai: primeiro estádio de canoagem slalom construído artificialmente no Japão.
  • Parque Musashinonomori: será o local da concentração das provas de estrada do ciclismo

 

LEIA MAIS

Federação Paulista recebe aporte do Governo de São Paulo para a construção de complexo esportivo de futebol americano

Jogador da NFL sofre violência doméstica e noiva é presa 3 dias após proposta de casamento