Federação Paulista recebe aporte do Governo de São Paulo para a construção de complexo esportivo de futebol americano

Em reunião com o Vice-Governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, Federação Paulista captou aporte financeiro para construção do complexo de futebol americano

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Reprodução/Projeto FEPAFA

A Federação Paulista de Futebol Americano (FEPAFA) recebeu hoje, 15 de julho, um aporte financeiro do Vice-Governador  de São Paulo, Rodrigo Garcia. A ação foi efetivada em reunião com o presidente da Federação Paulista de Futebol Americano (FEPAFA), Ricardo Trigo, no Palácio do Governo. Além disso, estiveram presentes o Deputado Federal Alexandre Frota e a presidente da CBFA, Cristiane Kajiwara, para apresentar ao Vice o projeto detalhado do Complexo Esportivo e Educacional de Futebol Americano que será construído na cidade de São Paulo. O investimento será destinado para a construção do 1º complexo inteiramente voltado à modalidade, no Brasil. Anteriormente, o projeto já recebera um outro investimento de R$1.000.000, como Emenda Parlamentar do Deputado Federal, Alexandre Frota. Os valores da nova captação ainda não foram divulgados. Ainda, verbas de patrocinadores também estão no radar do projeto.

O novo estádio de futebol americano será construído em um terreno que vale, aproximadamente, R$74 milhões de reais, e que foi cedido pelo Governo do Estado, próximo ao CT Joaquim Grava, e que por ser uma concessão, não pode ser elencado para futuras vendas. O Projeto da Federação Paulista buscava sair do papel há 10 anos.

“O Governo do Estado também acredita que o esporte é um dos caminhos mais importantes para dar novas perspectivas e um futuro melhor para as crianças mais carentes. Por isso, na data de hoje foi firmada mais uma contribuição para a construção do Complexo Esportivo. Agradecemos mais uma vez, o apoio do Governo do Estado e do Deputado Federal Alexandre Frota para que este nosso sonho esteja cada vez mais perto de sair do papel.” – afirmou a FEPAFA, em Nota Oficial.

 

Estádio sustentável

O projeto, que será construído pela FP2 Engenharia, terá uma preocupação especial com o meio ambiente, visto que o local a ser implementado é o Parque Ecológico do Tietê. Serão painéis solares para gerar energia ao complexo, de forma que o consumo seja totalmente sustentável, cercas vivas a partir de árvores catalogadas antes de serem realocadas, visando, inclusive, aumentar o nível de vegetação local, sistema de reuso de água, entre outras novidades que buscam fazer do Complexo o 1º deste tipo, no Estado.

Estrutura do Complexo

O terreno concedido para uso pela completo da FEPAFA (inclusive, de forma comercial com patrocínios e venda de ingressos), contará com a estrutura de:

– Campo 1: Medidas oficiais de 100 jardas para o futebol americano
– Campo 2: Medidas oficiais de 60 jardas para o flag football (esporte que pode entrar nos Jogos Olímpicos em breve)
– Arquibancada para 3 mil pessoas
– Vestiários e Banheiros para os atletas e público
– Centro de Treinamento completo: Academia, área de Fisioterapia, cabines de Imprensa, sala multimídia para aulas teóricas e escritórios.

Hall da Fama do esporte

O Complexo de futebol americano que será construído tem previsão de entrega para 2022 e vai contar com um adicional que engloba todo o Brasil: um Hall da Fama nacional para jogadores e figuras relevantes no desenvolvimento do esporte. Nele, diversos times, dirigentes, técnicos e atletas poderão ser eternizados no memorial.

Projeto social dará aulas de futebol americano

A construção do Complexo, ainda, abrange o projeto “Touchdown do Futuro”, que vai buscar dar aulas de futebol americano para 400 crianças e jovens, gerando interação para um desenvolvimento integral em sociedade, além de apresentar uma vida saudável com a prática do esporte e manter os jovens longe dos riscos sociais, como violência, drogas e a criminalidade. A previsão é que, para 100 anos de projeto com terreno concedido pelo Governo do Estado de São Paulo, sejam atendidas mais de 20 mil pessoas.

Com isso, o futebol americano terá, após 14 anos de prática no estado de São Paulo, um espaço próprio para a modalidade.  O projeto poderá ser utilizado por atletas da bola oval de todo o Brasil, inclusive, do exterior, visto que o complexo conta com alojamentos e fica a exatos 4 quilômetros do aeroporto de Guarulhos.

LEIA MAIS

EXCLUSIVO: Complexo de futebol americano em São Paulo terá Hall da Fama para jogadores brasileiros e figuras importantes

Jogador da NFL sofre violência doméstica e noiva é presa 3 dias após proposta de casamento