Luís Roberto pede respeito com as medalhas de prata: “Não é um símbolo de fracasso”

Narrador levantou o questionamento das medalhas durante o “Seleção SporTv” desta segunda-feira (12)

Lucas Silva
Jornalista | Fundador e editor-chefe do Saida Falsa | ADM no Athletic Club Brasil. Apaixonado pelo futebol americano desde 2008, sofro semanalmente com Corinthians, New Orleans Saints, Miami Heat e Edmonton Oilers.

Crédito: Luís Roberto durante programa "Seleção SporTV" de segunda-feira, 12 de julho de 2021 (Foto: SporTV/Reprodução)

Durante exibição do “Seleção SporTV” desta segunda, o narrador Luís Roberto levantou o questionamento sobre as medalhas de prata no futebol.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Sobretudo, Luís comentou o fato dos jogadores da Seleção Brasileira tirarem as medalhas de prata após o vice-campeonato da Copa América para a Argentina no sábado (10).

“Acho que a gente deveria acabar com a parada da medalha de prata no futebol. É tão constrangedor o sujeito tirando a medalha de prata, e no Brasil foi pior ainda, numa situação tão crítica que nós vivemos.”

O narrador concluiu que a medalha de prata não é um símbolo de fracasso. “Ou acabamos com esse negócio ou passem a respeitar a medalha.”

Além disso, Luís Roberto lembrou de Pep Guardiola, que beijou a medalha de prata após a derrota na final da Champions League.

Embora, o apresentador André Rizek acrescentou que atletas de outros esportes “ficam loucos” quando veem um atleta de futebol desprezando uma medalha de prata.

“No futebol, não sei explicar essas razões, parece que o vice-campeonato é pior do que ser décimo.”

Inglaterra também tirou as medalhas de prata

Outro ponto levantado por Rizek é que, na final de Eurocopa deste domingo (11), os jogadores da Inglaterra também tiraram as medalhas de prata do peito.

A seleção inglesa, apesar de ter chegado em sua primeira final de Euro, perdeu nos pênaltis para a Itália.

“A Inglaterra teve o melhor resultado de sua história numa Eurocopa. Apesar da frustração, pra gente que vê de fora, não dá pra entender.”

Por fim, o ex-jogador Roque Júnior deu a sua opinião sobre o assunto. “No futebol a cobrança é muito grande.”:

“Nos outros esportes, é muito mais valorizado. Quando você vê o Guardiola fazendo isso, manda um sinal pra todo mundo que gravita dentro do futebol, passar a valorizar o segundo lugar.”

VEJA TAMBÉM:

Ator de Harry Potter zoa derrota do Brasil na Copa América contra a Argentina