Mercado da bola: Ajax anuncia capitão do maior rival por valor “inacreditável”

Ajax “rouba” capitão do maior rival nesse mercado da bola

Alexander Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação Instagram oficial- @stevenberghuis

Nem começou a temporada e pode-se dizer que o Ajax já fez um gol no seu maior rival, pois o ponta Steven Berghuis, capitão do Feyenoord está praticamente acertado com a equipe de Amsterdã, faltando apenas os exames médicos, como confirmou o próprio Ajax nesta sexta-feira (16), em suas redes sociais.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Veja mais: Morre estrela do esporte da Inglaterra de Covid-19

O Ajax pagou a multa rescisória de Berghuis que estava fixada em 5.5 milhões de euros (cerca de 33 milhões de reais), valor muito baixo para as transações de hoje em dia e para um atleta que jogou a última Eurocopa pela seleção da Holanda.

Berghuis assinará um contrato de quatro anos com o Ajax que irá até junho de 2025.

“Não é segredo que eu queria dar um passo além. É importante me desenvolver no esporte. Quando eu faço uma escolha por um clube novo também estou escolhendo me desenvolver como jogador, eu estava procurando por uma combinação de jogar para ganhar troféus, jogar na UEFA Champions League e permanecer na seleção holandesa. No Ajax acho que tudo isso coincide” – afirmou Berghuis já falando como jogador do clube.

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o futebol no Brasil e em todo o mundo!

Leia mais:

Mercado da bola: Manchester City empresta promessa da base

Manchester United: Após gafe com estrela do time, Adidas se desculpa

Arsenal lança nova camisa inspirada em time holandês; veja como ficou

Mercado da bola: Manchester City pode perder joia alemã para a Bundesliga

Mercado da bola: Arsenal considera pagar quase 300 milhões por joia inglesa do Chelsea

Mercado da bola: joia holandesa fecha com clube francês

 Ex-Bayern de Munique, Real Madrid e Chelsea encerra a carreira aos 37 anos

Mercado da bola_: Liverpool considera pagar 300 milhões por italiano campeão europeu