Mercado da bola: Chelsea pode pagar mais de meio bilhão por destaque inglês da Eurocopa

Desejado por vários clubes, atleta é um dos mais cobiçados desse mercado da bola

Alexander Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Crédito: Photo by Ian Walton - Pool/Getty Images

Um dos melhores jogadores da última Eurocopa pode estar mudando de clube nesse mercado da bola, porém a cidade continuaria sendo a mesma. De acordo com o jornal inglês The Sun, o Chelsea está considerando avançar com um proposta pesada para tirar o meia Declan Rice do West-Ham nessa janela de transferências do futebol europeu.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Veja mais: Benfica: Em meio á crise, filho de Rui costa é ameaçado de morte

A proposta precisa ser substancial, pois, ainda segundo a matéria, o West-Ham não aceita vender Rice por menos de 80 milhões de libras (cerca de 563 milhões de reais). Lembrando que o atleta foi dispensado pelo Chelsea quando tinha 14 anos e os blues estariam dispostos a pagar um salário de 200 mil libras semanais (cerca de 1.4 milhão reais) para trazê-lo de volta para o Stamford Bridge.

Com ainda três anos de contrato com o West-Ham, Rice rejeitou algumas propostas da equipe londrina para renovar. Lembrando que Tottenham e Manchester United são outros pesos pesados do futebol inglês interessados em contar com os serviços do meia de 22 anos.

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o futebol no Brasil e em todo o mundo!

Leia mais:

Marcelo assume a braçadeira de capitão do Real Madrid com a saída de Sérgio Ramos: “É um orgulho, primeiro, mas é uma responsabilidade muito grande”

Mercado da bola: Manchester City mira zagueiro do Fulham

Mercado da bola: Paris Saint Germain fecha com joia de 17 anos do Guingamp

 Paris Saint Germain: Provável escalação do time titular para próxima temporada é de botar medo; confira

Mercado da bola: Brasileiro do Arsenal é desejado por clube espanhol

Mercado da bola: Novo time de Gerson fecha com meia do Arsenal

Mercado da bola: Tottenham mira gigante da seleção da Dinamarca