Muda o time? Veja a provável escalação do Santos contra o Red Bull Bragantino

Em Bragança, Santos desafia o Red Bull Bragantino na 12ª rodada da Série A; veja o provável time

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgacao/Santos

O Santos realizou hoje seu último treino antes da partida contra o Red Bull Bragantino, marcada para este domingo (18) às 20h30 (de Brasília), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Escalação do Santos contra o Red Bull Bragantino

Depois de bater o Independiente por 1 a 0, nas oitavas da Sul-Americana, o Santos agora vira a chave e retoma suas atenções para a Série A. Nas rodada passada, o Peixe acabou derrotado pelo Palmeiras, no Allianz Parque. Novamente fora de casa, o alvinegro busca reação.

Para este compromisso, o técnico Fernando Diniz não poderá contar com o meia Jean Mota, que cumpre suspensão automática. Em seu lugar, a tendência é que Carlos Sánchez seja o titular. Recuperado de grave lesão no joelho, o meia uruguaio voltou a atuar pelo Peixe no empate por 2 a 2 com o Grêmio.

Lesionados, Jobson e Sandry seguem no departamento médico. De olho no segundo duelo frente o Independiente, não está descartado que Diniz possa preservar aqueles que estão com desgaste físico acentuado.

Na tabela de classificação, o time paulista ocupa a nona posição com 15 pontos.

A provável escalação do Santos diante do Bragantino é a seguinte: João Paulo, Pará (Madson), Luiz Felipe, Kaiky e Moraes (Felipe Jonatan); Camacho, Sánchez e Pirani; Marinho, Kaio Jorge e Marcos Guilherme

Ficha técnica: Red Bull Bragantino x Santos

  • Horário: 20h30 (de Brasília)
  • Local: Estádio Nabi Abi Chedid
  • Rodada: 12ª rodada
  • Competição: Campeonato Brasileiro

Red Bull Bragantino: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Eric Ramires (Jadsom), Lucas Evangelista e Praxedes; Artur, Cuello e Ytalo.

Santos: João Paulo, Pará (Madson), Luiz Felipe, Kaiky e Moraes (Felipe Jonatan); Camacho, Sánchez e Pirani; Marinho, Kaio Jorge e Marcos Guilherme

LEIA MAIS: