No Flamengo, Renato recorda trabalho com jovens no Grêmio e diz que segurou Arthur: “Iria para o Ceará”

Técnico Renato Portaluppi falou sobre o Grêmio em sua chegada ao Flamengo na última segunda-feira

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Grêmio

Como já era de se esperar, o técnico Renato Portaluppi relembrou a sua passagem pelo Grêmio em mais de uma resposta dada na coletiva como novo comandante do Flamengo. O substituto de Rogério Ceni assumiu na segunda, deu a primeira entrevista e relembrou, por exemplo, o trabalho feito com jovens no tricolor.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Por onde eu passo, eu gosto de usar a base. Eu já pedi para marcar um coletivo hoje contra os garotos para eu começar a analisar. Na minha passagem pelo Grêmio, a gente descobriu muitos jovens”, declarou.

Um dos exemplos de maior sucesso de Renato em termos de lançamento de jovens no Grêmio foi Arthur, que depois foi ganhar o mundo em Barcelona, Seleção Brasileira e Juventus. Segundo o treinador, o volante estava para ser emprestado ao Ceará logo em sua chegada:

“Quando cheguei no Grêmio, o Arthur, que depois foi pra Seleção e Barcelona, estava para ser emprestado ao Ceará. Eu segurei, e deu no que deu. Se os jogadores estão no grupo do Flamengo atualmente, é porque eles têm condições”, disse Renato.

O início da “era Renato” no Flamengo já será na quarta-feira, a partir das 21h30, fora de casa, diante do Defensa y Justicia, da Argentina, pela ida das oitavas da Libertadores.

Reveja a primeira coletiva de Renato no Flamengo:

LEIA MAIS:

Grêmio anuncia a volta de Felipão, informa tempo de contrato e dirigente se empolga: “Vontade juvenil de trabalhar”

Douglas Costa cita culpa maior dos jogadores por fase do Grêmio e fala de Felipão após derrota para o Palmeiras