Nova contratação do Corinthians, Giuliano coleciona ótimos números desde que deixou o futebol brasileiro; confira

Depois de dias de especulação, Corinthians anunciou o jogador na manhã desta sexta-feira (16)

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Divulgação/CBF

É oficial: Giuliano é o novo reforço do Corinthians. Na manhã desta sexta-feira (16), o clube anunciou a contratação do jogador nas redes sociais. Disputado pelo Alvinegro Paulista, Internacional e Grêmio, o meio-campista coleciona ótimos números desde que deixou o futebol brasileiro em 2016.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Neste período, ele atuou por Zenit, da Rússia, Fenerbahçe e Istanbul Basaksehir, da Turquia, e Al Nassr, da Arábia Saudita. Ao todo, nesses cinco anos, Giuliano marcou 67 gols e distribuiu 43 assistências, com 110 participações diretas em gols em 189 jogos.

Mesmo tendo bons números no geral, o brasileiro não vem de boa temporada. Pelo Istanbul Basaksehir em 2020/21, ele somou apenas três gols e cinco assistências em 32 jogos, quando nem sequer era titular absoluto.

Do meio para frente, ele é um jogador versátil. Sua principal posição é como meio-campista de criação, jogando pelo centro e armando jogadas. Porém, pode atuar aberto pelos lados e até como referência. No Corinthians de Sylvinho, deve chegar e assumir a posição. O clube ainda cogita Renato Augusto e Paulinho.

Atualmente com 31 anos, o jogador foi revelado pelo Paraná e brilhou no Internacional na campanha do título da Copa Libertadores da América de 2010. Em seguida, se transferiu para o Dnipro e voltou para o Brasil em 2014 para jogar pelo Grêmio, maior rival do Colorado.

Giuliano tem passagens pela seleção brasileira, inclusive com Tite. A vinda para o futebol brasileiro pode ser uma vitrine para o jogador retomar a grande fase e estar mais próximo dos olhares do treinador da seleção.

LEIA MAIS:

Mercado da bola: Corinthians anuncia contratação de Giuliano
Giuliano ser contratado pelo Corinthians “é vergonhoso”, diz jornalista