Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olímpiadas de Tóquio-2020 correm risco de não terem presença de público

Risco de novo estado de emergência em Tóquio faz com possibilidade de torcida em eventos possa não mais acontecer

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do COI

O sonho de ver as Olimpíadas de Tóquio-2020 com presença de público nas arenas pode não mais acontecer. Um novo surto de Covid-19 na capital do Japão pode colocar em risco tal desejo, de acordo com informação do Globoesporte.com

O Governo japonês considera decretar um novo estado de emergência em Tóquio, isto com 16 dias da cerimônia de abertura do certame. A medida que é pensada pode durar, segundo as informações vindas de órgãos japoneses de imprensa, durante todo o período de realização dos Jogos (23 de julho a 8 de agosto), tal estado de emergência previsto para se encerrar no dia 22 de agosto.

No momento atual, Tóquio vive um chamado ‘estado de quase emergência’, este a se encerrar no próximo domingo (11). Nas últimas 24 anos, foram 920 casos de pessoas infectadas pelo coronavírus, o maior número de infecções desde março, num país em que a vacinação atingiu apenas 14,5% da população e anda em ritmo lento. num país de 800 mil casos e pouco mais de 14,8 mil mortes pela doença.

Outras cidades, como Chiba, Saitama e Kanagawa, devem seguir no ‘estado de quase emergência’ do governo. Caso a medida seja implementada de vez, há a chance disto fazer com que os torcedores sejam proibidos de assistir aos eventos das Olimpíadas em público, esta uma recomendação do Comitê Organizador de Tóquio-2020 se for o caso de um estado de emergência na capital japonesa.

Nas medidas originais, os Jogos Olímpicos já teriam várias restrições, como a proibição de torcedores vindos do exterior para acompanhar o evento. O plano dos organizadores era de restringir a 50% da capacidade das arenas (10 mil pessoas), apenas para residentes no Japão.

LEIA MAIS

Veja 8 jogadores que vão estar nas Olimpíadas de Tóquio e talvez você não saiba