Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Rayssa chega e abraça irmão na pista do aeroporto; veja

Antes, ela tinha andado de skate no saguão do aeroporto de Cumbica

Fernando Cesarotti
Jornalista, professor universitário e fã ardoroso de qualquer esporte. Autor do OlimpCast, podcast sobre esportes olímpicos.

Crédito: Rayssa abraça o irmão na sua chegada a Imperatriz - Foto: Reprodução/TV Globo

A “fadinha” Rayssa Leal chegou nesta quarta-feira ao Brasil, depois de ganhar a medalha de prata no street skate dos Jogos Olímpicos de Tòquio-2020. E a primeira pessoa a receber um abraço da estrela em sua chegada a Imperatriz (MA), ainda na pista de pouso do aeroporto local, foi o irmão caçula. Veja abaixo o registro do momento pela TV Globo.

Rayssa, de 13 anos, pediu para que a prefeitura de Imperatriz cancelasse uma recepção festiva para evitar aglomerações que pudessem aumentar o risco de transmissão do coronavírus. “Agradeço demais todo o carinho e todo o apoio, mas por favor se cuidem”, disse a estrela.

Mais cedo, na chegada ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), Rayssa foi recebida pelo skatista Sandro Dias, o Mineirinho, um dos maiores atletas da modalidade no país, e aproveitou para dar um passeio de skate no saguão do aeroporto.

O ganhou duas medalhas de prata no skate street, com Rayssa Leal, no feminino, e Kelvin Hoeffler, no masculino. Na semana que vem, serão disputadas as provas de skate park.

LEIA MAIS:

Veja como está o quadro de medalhas de Tóquio-2020

Brasil perde fácil para russos no vôlei masculino