Palmeiras eleva valor de Viña e Roma coloca brasileiro como “plano B” para reforçar o elenco

Clube italiano vem encontrando dificuldades para contratar o lateral do Palmeiras

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

Interessado em contar com Matías Viña para a próxima temporada, a Roma está ciente que o Palmeiras não vai fornecer um grande “desconto” nas tratativas. Dessa forma, segundo informações da emissora “Sky Sport“, o Verdão, que possui 57,5% dos direitos do atleta, deseja receber uma fatia maior nas negociações pelo lateral. Neste cenário, o valor de 18 milhões de euros (R$ 108.7 milhões) estaria sendo exigido para o acordo ser fechado.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Neste contexto, é mencionado que Roma não irá concretizar as negociações. Apesar de não jogar a toalha, buscando que o Palmeiras diminua sua pedida, o clube italiano já trabalha com um “plano B”, mas que também promete ser bastante difícil de ser fechado.

Após não conseguir ter sequência como titular no Manchester United, Alex Telles também está na agenda da Roma. Para contar com o brasileiro, os Diabos Vermelhos desembolsaram quase R$ 100 milhões, e podem dificultar a saída do atual reserva de Luke Shaw.

Para Mourinho, o ex-lateral do Porto seria um excelente substituto para Leonardo Spinazzola, que terá de se manter parado durante 4 meses devido à lesão no tendão de Aquiles durante a Eurocopa”, informou o veículo.

Agora, resta saber qual será a opção da Roma para ocupar o espaço durante a recuperação de Spinazzola. Caso nenhuma das opções se encaixe no orçamento do clube, a diretoria deve analisar outros nomes mais acessíveis. Porém, primeiramente, José Mourinho precisa dar o seu aval para as negociações.

LEIA MAIS