Freguesia? São Paulo leva ampla vantagem sobre Palmeiras em jogos da Libertadores; veja os números

Tricolor e Verdão já se enfrentaram neste ano na grande finalíssima do Paulistão; recorte de jogos na “Liberta” aponta expressivo domínio do time do Morumbi

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter (@cidovieira90)

Crédito: Cesar Greco - Ag. Palmeiras - Divulgação

Haverá Choque-Rei nas quartas de final da Copa Libertadores 2021. Após a classificação do São Paulo diante do Racing, o Palmeiras também carimbou seu passaporte ao bater a Universidad Católica novamente nesta quarta-feira (21) por 1 a 0, no Allianz Parque.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Atual campeão do torneio continental, o Verdão terá pela frente o arquirrival com uma missão de quebrar um tabu amargo se quiser continuar vivo na luta pelo Tri. Isto porque, em oito compromissos realizados entre as duas equipes, o São Paulo nunca perdeu para o Palmeiras. São seis vitórias do Tricolor e dois empates.

Deste quantitativo de jogos, seis deles foram pela fase de mata-mata. O primeiro deles se deu na temporada 1994, quando o São Paulo segurou um empate sem gols no jogo de ida, fora de casa, e bateu o Verdão no Morumbi por 2 a 1, avançando às quartas.

A segunda bateria de Choque-Rei decisivo ocorreu em 2005, também pelas oitavas de final. No primeiro jogo, vitória dos Tricolores fora de casa por 1 a o, no Palestra Itália, e posteriormente um novo triunfo por 2 a 0, no Morumbi. Temporada esta que marcou mais um título do São Paulo na competição continental.

Já no ano seguinte, novamente pelas oitavas, o Palmeiras ficou no empate em 1 a 1 no Palestra Itália, e na volta acabou sucumbindo com um tento anotado por Rogério Ceni já na reta decisiva da partida.

Além destes seis embates, Palmeiras e São Paulo se enfrentaram mais duas vezes pela fase de grupos da Libertadores de 1974. Naquela oportunidade, o Tricolor venceu o jogo de ida por 2 a 0, e semanas depois bateu novamente o rival por 2 a 1.

LEIA MAIS: