Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Néstor Pitana apita São Paulo x Palmeiras; veja escala de arbitragem para o início das quartas de final da Libertadores

Conmebol divulgou árbitros dos confrontos que prometem agitar a próxima fase da Libertadores

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Cesar Greco - Palmeiras

Após a classificação do Fluminense, os oito times com vaga garantida nas quartas de final da Libertadores foram definidos. Como a próxima etapa do torneio terá início na próxima semana, a Conmebol divulgou a escala de arbitragem para os quatro jogos marcados. Sendo assim, dois argentinos e dois venezuelanos vão estar presentes nos confrontos decisivos.

Nome mais conhecido da relação, Néstor Pitana apita São Paulo x Palmeiras. Na terça-feira (8), às 21h30, no Morumbi, as equipes voltam a se encontram no Morumbi. Mediante os acontecimentos do embate anterior, pelo Brasileirão, o argentino prometer ter trabalho e vai precisar de pulso firme para não perder o controle da partida.

Veja abaixo a escala completa.

Agora, os clubes, além do título, duelam para embolsar mais uma premiação milionária. Ainda com os efeitos da pandemia afetando as finanças, a Libertadores ganhou ainda mais valor para que as contas fiquem em dia. Agora, resta saber quais clubes vão conseguir sair na frente nos 90 minutos finais das quartas de final da competição.

CONFIRA AS PREMIAÇÕES DAS FASES DA LIBERTADORES:

Fase preliminar 1 – U$ 350 mil (R$ 1,9 milhão)
Fase preliminar 2 – US$ 500 mil (R$ 2,8 milhões)
Fase preliminar 3 – US$ 550 mil (R$ 3 milhões)
Grupos – US$ 1 milhão (R$ 5,6 milhões) por mando (3 mandos)
Oitavas de final – US$ 1,05 milhão (R$ 5,9 milhões)
Quartas de final – US$ 1.500 milhão (R$ 8,4 milhões)
Semifinal – US$ 2 milhões (R$ 11,2 milhões)
Vice-campeão – US$ 6 milhões (R$ 33,7 milhões)
Campeão – US$ 15 milhões (R$ 84,3 milhões)

LEIA MAIS