Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da bola: Flamengo sela acordo e atacante será vendido para o futebol europeu; jogador já foi avisado

Vários times mostraram interesse na contratação do atacante de 20 anos do Fla

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Alexandre Vidal - Divulgação - Flamengo

Após uma intensa “novela” nas tratativas para resolver a situação do atacante Rodrigo Muniz, Flamengo e Fulham avançaram em um acordo novamente e estão próximos de oficializar a negociação. A informação foi confirmada pelo jornalista Venê Casagrande. Presentes em solo europeu, o vice-presidente de futebol Marcos Braz e o diretor Bruno Spindel se reuniram com representantes do clube inglês e apararam as arestas.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

A conversa pelo acordo contou também com um representante de Rodrigo Muniz, que mora na Espanha, e intermediou as tratativas para deste vez não haver ruídos ou divergências entre o Fla e o Fulham.

Inicialmente, o acordo pelo jogador havia sido encaminhado na última sexta-feira, contando inclusive com uma conversa do CEO do Fulham, Alistair Mackintosh, com Bruno Spindel, para ajustar os detalhes e definir a questão do envio de documentos com o valor fixado na proposta de cerca de 50 milhões de reais, por 80% dos direitos econômicos de Rodrigo Muniz.

Os ingleses, no entanto, não enviaram a documentação como acordado com o Fla, e os representantes do atleta mostraram insatisfação. Neste ínterim, o Middlesbough, time tradicional da Inglaterra, entrou no páreo pela contratação, mas o Fulham conseguiu ajustar as pendências com o rubro-negro carioca e agentes do jogador, que também tiveram participação ativa na resolução da “novela”.

AVISADO

Ainda segundo Venê Casagrande, Rodrigo Muniz já foi avisado de que os clubes finalmente se acertaram e a transferência, classificada como irrecusável, irá acontecer. Diagnosticado com Covid-19, o atleta de 20 anos segue afastado cumprindo a quarentena.

LEIA MAIS:

As melhores notícias de esportes, direto para você