Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Novidade da Fórmula 1 para a próxima temporada, GP de Miami tem alta procura de ingressos

CEO da Fórmula 1, Stefano Domenicali, revela que GP de Miami será realizado na primeira metade de Maio de 2022

Rico Chermont
Gestor Esportivo | Sport Management Fala sobre #esportes, #experiencia, #sportsmanagement, #gestãoesportiva e #marketingesportivoPresidente MiniFootball Brasil Presidente Pan American Minifootball Federation CEO na Chermont BR Company CEO na ChBR Advertising CEO na ChBR Sports

Crédito: Fórmula 1 Official Website

Depois de muitas negociações entre moradores e autoridades locais, o GP de Miami vem fazendo sucesso. De acordo com a Fórmula 1, mesmo sem ingressos a venda, a procura pelos tickets é muito alta.

A temporada de 2022 contará com muitas novidades, de acordo com a organização da principal categoria de automobilismo do mundo. Contudo, a novidade mais aguardada é a entrada do GP de MIAMI, confirmada desde abril deste ano. O GP de Miami será o 11º circuito a receber uma corrida da categoria nos Estados Unidos, desde sua criação, em 1950. A corrida já foi disputada em Riverside, Sebring, Watkins Glen, Long Beach, Las Vegas, Detroit, Dallas, Phoenix e Indianápolis. E desde 2012, a Fórmula 1 tem uma prova no Circuito das Américas, em Austin.

CONTRATO É DE DEZ ANOS

A corrida será realizada ao redor do Hard Rock Stadium, a casa do Miami Dolphins. Quem lidera a empreitada é o bilionário Stephen Ross, dono do Dolphins. O contrato foi celebrado com aval do prefeito Rodney Harris e o projeto garante um fundo de investimento de $ 5 milhões de dólares, cerca de R$ 30 milhões.

A pista do GP de Miami terá uma característica urbana, contudo, será diferente do Circuito das Américas, prova disputada em Austin, também nos Estados Unidos. Serão 19 curvas e três retas, totalizando 5,41 km. Apesar das altas velocidades esperadas, a Fórmula 1 quer manter os altos padrões de segurança. A FIA e a Fórmula 1 estão em contato direto com o promotor para garantir que tudo seja bem feito.

O projeto também prevê uma série de benefícios para os moradores da região, como descontos nos ingressos, prioridades para negócios locais durante os eventos e investimentos em programas educacionais desenvolvidos pela F1 nas escolas.

LEIA TAMBÉM: 

Fórmula 1: Grande Prêmio do Brasil pode ter Sprint Race como prova de classificação

Por acidentes no GP da Hungria, Bottas e Stroll recebem punição de 5 posições para o GP da Bélgica