Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fórmula 1: Grande Prêmio do Brasil pode ter Sprint Race como prova de classificação

Novidade na Fórmula 1 agradou a pilotos, equipes e patrocinadores e Sprint Race pode ter novas edições em Monza e em Interlagos

Rico Chermont
Gestor Esportivo | Sport Management Fala sobre #esportes, #experiencia, #sportsmanagement, #gestãoesportiva e #marketingesportivoPresidente MiniFootball Brasil Presidente Pan American Minifootball Federation CEO na Chermont BR Company CEO na ChBR Advertising CEO na ChBR Sports

Crédito: Fórmula 1 Official Website

A Fórmula 1 vem apresentando diferentes novidades durante os últimos anos e tem feito sucesso. A última novidade foi a substituição da tradicional classificação em três etapas (Q1, Q2 e Q3) pela Sprint Race, uma corrida curta no Sábado que define o grid de largada da corrida principal, no Domingo.

A primeira edição da Sprint Race foi realizada, como teste, em Silverstone, no GP da Inglaterra, em julho desse ano. De acordo com o Presidente da F1, Stefano Domenicali, a ideia é fazer com que esta temporada tenha 3 eventos pontuais destes, para que se possa definir um plano para o futuro da Fórmula 1.

De acordo com Stefano, a ideia é oferece algo diferente para os interessados na Fórmula 1. A intenção é fazer três testes. O primeiro, feito em Silverstone. O segundo será realizado em Monza e o terceiro, foi definido que será em Interlagos, no Brasil.

Após esses testes, Stefano garante que a F1 terá um plano para saber quais serão os próximos passos.

O QUE É A SPRINT RACE?

A corrida classificatória consiste em uma corrida de menor duração, substituindo os treinos de classificação, que acontecem aos sábados que antecedem as corridas. A ideia é ter mais entretenimento para todos na F1. No entanto, a definição das posições de largada da Sprint Race acontecem de forma tradicional. Na sexta feira, ao invés dos treinos livres, uma classificação em três etapas.

Para o Presidente da F1, a resposta dos pilotos e da mídia foi bastante positiva. De acordo com ele, os promotores das corridas também saem ganhando, já que o público fica mais animado a partir da sexta-feira. A F1 também está de olho nos comentários que tem recebido para garantir os ajustes finos da Sprint Race.

A ideia não é fazer a Sprint race em todas as etapas, mas sim, em etapas históricas. Pelo menos, nesta temporada. Além de não valer pontos para a classificação geral do campeonato, a Sprint Race também não conta com pódio. A premiação é feita de forma diferenciada, com uma coroa de flores e um desfile com os três primeiros colocados. Mas é ela quem define a posição de largada da corrida principal, no domingo.

A F1 quer fazer com que as Sprint Races esteja em GPs históricos, com premiações especiais. A ideia é prepara uma proposta ao final desta temporada para dar um rumo diferente ao futuro da modalidade.

LEIA TAMBÉM: Esteban Ocon vence GP da Hungria e garante primeira vitória na Fórmula 1