Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da bola: Detalhe impediu que o Palmeiras vendesse Lucas Lima ao PSG

Lucas Lima tem contrato com o Palmeiras até 31 de dezembro de 2022

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Uma das contratações mais badaladas do Palmeiras na “era Mattos”, o meia Lucas Lima está ‘esquecido’ no elenco comandado por Abel Ferreira e é alvo de muitas críticas da torcida alviverde. Mas, o meia, que não joga desde o dia 9 de junho, esteve muito perto de ser vendido ao PSG em 2018, segundo informações do site ‘Nosso Palestra’.

De acordo com o ‘Nosso Palestra’, o PSG negociou com o Palmeiras a compra de Lucas Lima por 8 milhões de euros (cerca R$33 milhões, na cotação da época). Mas, o clube francês estava sem espaço para jogadores estrangeiros em seu elenco e o acerto não foi concretizado.

Apesar disso, o camisa 20 do Palmeiras assinou uma cláusula de prioridade de compra junto com o PSG, que teria prometido o contratar no ano seguinte, mas isso não foi fechado.

Lucas Lima seguiu no Palmeiras, mas não conseguiu repetir o as boas atuações que o fez se destacar no Santos e até ser convocado para a Seleção Brasileira.

Com contrato milionário, Lucas Lima perdeu mais espaço ainda no Verdão desde que foi flagrado em uma festa clandestina, em julho. O meia foi multado e afastado pela direção do Palmeiras.

O meia chegou ao Palmeiras em 2018 e tem contrato com  clube até o dia 31 de dezembro de 2022. Com a camisa do Verdão, o camisa 20 soma um total de 165 partidas e 12 gols.

O último jogo de Lucas Lima foi no dia 11 de junho, quando o Palmeiras perdeu para o CRB por 1 a 0 e, nos pênaltis, foi eliminado da Copa do Brasil. O meia entrou nos minutos finais do confronto e teve sua cobrança de pênalti defendida pelo goleiro Diogo Silva.

LEIA MAIS:

 

As melhores notícias de esportes, direto para você