Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Renata Fan e Denílson detonam liberação de público para o Flamengo nos estádios: ‘Benefício escancarado’

Fla receberá torcedores novamente em jogo da Libertadores e conseguiu aval para ter público em jogos do Brasileirão

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Reprodução - Bandeirantes

O Flamengo se tornou alvo de críticas após uma movimentação nos bastidores em prol da retomada de público nos estádios. Na última quarta-feira (4), o clube rubro-negro obteve liberação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para que possa ter torcida em jogos que o clube for mandante no Campeonato Brasileiro. A decisão foi questionada por vários clubes e contou com um posicionamento contrário da CBF.

No programa “Jogo Aberto” de hoje, Denílson e Renata Fan não pouparam críticas à medida concedida ao Fla, citando a falta de isonomia.

“Não vejo fundamento nisso. Se começa público para todo mundo, ok. Mas enquanto não tiver condições para todos eu jamais liberaria. Acho um benefício escancarado e desnecessário nesse momento”, disparou Renata Fan, sendo complementada por Denílson.

“Não tem muito segredo essa discussão: ou libera pra todos ou para ninguém. Se tem acordo em comum de todos os times, seja assinado ou verbal, por que o Flamengo tem que quebrar e dar um jeitinho? Há um beneficio em ter o público. Por que o Flamengo tem que ser diferente?”, disse o ex-jogador.

Na sua petição ao STJD, o Flamengo alegou não ver nenhum problema retomar a presença do público desde que se cumpra todos os protocolos estabelecidos. Logo após a sinalização favorável ao time da Gávea, a CBF se posicionou de forma contrária, e afirmou que irá recorrer da decisão.

Diversos clubes também utilizaram suas redes sociais e sites oficiais para questionarem a decisão do STJD, enfatizando que a liberação para a presença de público em jogos do Fla representaria em uma desvantagem para os demais clubes.

LEIA MAIS: