Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atacante entra na mira do Atlético-MG e pode deixar o Botafogo após Série B do Brasileirão

Diego Gonçalves tem contrato com o clube carioca até dezembro de 2022

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Vitor Silva/ Botafogo

Antes de mais nada, o Botafogo vai ter que agir rápido nos bastidores se quiser contar com o atacante Diego Gonçalves em definitivo. Fruto da parceria com o Mirassol, o atacante tem contrato com o Alvinegro até dezembro de 2022.

O Torcedores.com apurou que Diego Gonçalves está sendo monitorado pelo Atlético-MG. Antes de sofrer uma lesão no quadril no fim de agosto, o atacante vinha tendo seu desempenho analisado na Série B do Campeonato Brasileiro.

Ainda segundo apurou a reportagem, as conversas ainda são preliminares, ou seja, não há proposta oficial do Atlético-MG. Entretanto, o Galo está tentando encontrar uma forma de tentar viabilizar a contratação do atleta no final do ano.

Diego Gonçalves tem seu passe “fatiado” em três partes: Internacional é dono de 50%, Louletano detém 40% e o restante pertence ao jogador. Apesar do interesse do clube mineiro, o Botafogo possui prioridade na compra de parte dos direitos econômicos do atacante.

A reportagem apurou que o Botafogo precisa se acertar com o clube gaúcho e pagar as cláusulas de compra previstas no contrato. O acordo prevê a aquisição de 50% do passe do atleta por 800 mil de euros (R$ 4,9 milhões, pela cotação atual).

De acordo com duas fontes ligadas ao Atlético-MG, a diretoria está esperando para que o Botafogo não ative a cláusula de compra do atleta. O Mirassol, por sua vez, está doido para que isso aconteça.

Em caso de uma proposta do Galo, o Botafogo não pretende forçar nenhum tipo de negociação. Afinal, o clube de General Severiano não tem muito dinheiro em caixa para empenhar na contratação de Diego Gonçalves.

A carreira de Diego Gonçalves

Nascido em Guarujá, São Paulo, Diego Gonçalves é cria das divisões de base do Fluminense. Ele, inclusive, é integrante da geração que revelou o meia Gustavo Scarpa, atualmente no Palmeiras, em 2013.

Após deixar às Laranjeiras, o atacante passou pela Portuguesa, Internacional, Paraná, Ferroviária, Londrina, Botafogo-SP, Figueirense e Mirassol. No exterior, defendeu o Olhanense, Atlético CP e Louletano, de Portugal, além do Ventforet Kofu, do Japão.

Na Série B do Campeonato Brasileiro, por exemplo, Diego Gonçalves vem se destacando pela velocidade, habilidade, agilidade e visão de jogo. Ao todo, disputou 18 partidas, marcou 4 gols e deu 1 assistência. Nesse ínterim, totalizou 1.310 minutos em campo com a camisa alvinegra. 

LEIA MAIS: 

Braço direito de Fernando Diniz no Vasco foi Bicampeão Carioca pelo clube na década de 90 

Ex-Botafogo, Salomon Kalou tem negociação avançada com clube português 

Fortaleza busca investidor para comprar Marcelo Benevenuto junto ao Botafogo; veja os valores