Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Messi no PSG rendeu R$ 614 milhões em uma semana ao patrocinador máster do clube

Em pouco tempo, o craque argentino já trouxe retorno financeiro ao clube francês

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Divulgação/PSG

Lionel Messi é um investimento caro para qualquer clube, mas, ao mesmo tempo, garantia de retorno financeiro, seja no lado esportivo, ou extra-campo como venda de camisas, ingressos, aumento no sócio-torcedor, patrocínios, entre outros.

Nesta segunda-feira (6), o jornal francês Le Parisien informou que o craque argentino, em uma semana, rendeu 100 milhões de euros (equivalente a R$ 614 milhões, na cotação atual) à marca Accor Live Limtless (ALL), grupo hoteleiro que é o principal patrocinador do time parisiense.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

“Estamos entrando em outra galáxia. A chegada de Messi rendeu 100 milhões de euros em exposição midiática, ou seja, o equivalente ao que deveríamos gastar para tornar a marca visível para tantas pessoas. É espetacular”, declarou Mehdi Hemici, diretor de fidelização e parcerias, em entrevista ao Le Parisien.

“As pesquisas no google aumentaram 15 vezes em uma semana. A atenção que isso tem dado ao PSG, mas também a todos, é fenomenal. Todos os países nos chamaram. O Japão viu as reservas aumentarem 30% em duas semanas”, acrescenta Hemici.

Messi utiliza a marca do Accor Live Limitless nos uniformes de jogos e treinamentos - imagem: divulgação/PSG

Messi utiliza a marca do Accor Live Limitless nos uniformes de jogos e treinamentos – imagem: divulgação/PSG

De acordo com o Le Parisien, a ALL investiu 65 milhões de euros anuais para estampar a marca na camisa do PSG. O contrato é de três anos, sendo renovável por mais três.

“O valor é substancial, mas não é caro. Tudo depende do valor que atribuímos a este invesvimento. Quando você posiciona uma marca em uma escala global, você precisa ter uma influência no mesmo nível e isso é muito dinheiro”, diz Hemici.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esporte

“Especialmente durante o período da pandemia. Porque a indústria hoteleira está passando por períodos complicados. Lá, a parceria foi crescendo e a visibilidade está lá”, finaliza.

Leia também:

Treinador do PSG revolta internautas ao trocar Neymar por Messi: “demissão”

Jogador expulso por falta grave em Messi pede desculpas e diz: “jamais iria contra a integridade física”

Mercado da bola: PSG e Real Madrid podem disputar a contratação de Haaland em 2022

Mercado da bola: Neymar é o salário mais caro do PSG? Veja o top-10