Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ciúmes do Vital? Nenê teve saída turbulenta do Vasco e quase foi para Flamengo e Atlético-MG; relembre

Craque da Galera do Brasileirão em 2015, o meia-atacante Nenê pode voltar ao Vasco da Gama neste restante de temporada da Série B

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O meia-atacante Nenê pode retornar ao Vasco da Gama nesta temporada. Perto de rescindir o contrato com o Fluminense, o jogador de 41 anos deve voltar ao elenco cruz-maltino para a disputa do restante da Série B do Campeonato Brasileiro.

O atleta, contratado em 2015, teve grande destaque no Vasco da Gama e chegou a ser eleito o Craque da Galera do Brasileirão. Com problemas de salário na primeira passagem, Nenê teve uma saída conturbada para o São Paulo, em 2018.

Em grande fase após a temporada de 2015, o meia foi grande alvo de rivais da Série A – incluindo Atlético Mineiro e Flamengo, que deixaram abertamente o desejo de contar com o atleta, mas acabou renovando e se tornando destaque no Campeonato Carioca em 2016.

No ano seguinte, Nenê caiu de rendimento e foi perdendo popularidade com a torcida do Vasco. Principalmente quando pediu para não ser relacionado contra o São Paulo, no Morumbi, esperando propostas de rivais para deixar o clube cruz-maltino. Depois, foi reintegrado e conseguiu ajudar na vaga para a Libertadores do ano seguinte.

Chamado de Mickey entre os companheiros, o jogador teria ciúmes do jovem Mateus Vital, que foi negociado com o Corinthians no ano seguinte e atualmente está emprestado ao Panathinaikos, da Grécia. Inclusive, havia reclamações de que Nenê não tocava para o jogador em alguns lances.

O que Nenê já comentou sobre sua passagem pelo Vasco

Nenê já falou sobre sua saída do elenco carioca. “Tinham acontecido algumas coisa e já estava o problema de salários. Mas tem gente que fala assim: ‘Po, mas você já tem a sua vida ganha’ Só que as contas não param, a vida não para”, disse, em entrevista ao Esporte Interativo.

“Você trabalha ali para receber, então eu achei muito complicada, mas não tive nenhum problema. Sou muito agradecido a todos lá, principalmente ao Eurico que sempre cumpriu o que ele falou”, continuou o meia-atacante na época em que jogava no São Paulo.

“Claro que no final estava este problema. De estar ele e não está (eleições). Acho que teve mais problemas por causa disso. O clube em si teve problemas por causa dessa indefinição, dessa briga política. Então, não teve nada a ver com ele. Eu sou grato”, completou Nenê.

As melhores notícias de esportes, direto para você

    

 


Relembre números de Nenê pelo Vasco

Jogos: 129
Gols: 42
Assistências: 32

Foi a melhor média de participação em gol no futebol brasileiro:

Vasco: 0.33 por jogo
Fluminense: 0.24 por jogo
São Paulo: 0.17 por jogo

Números por temporada no Vasco:

2015: 23 jogos, 9 gols e 5 assistências
2016: 55 jogos, 21 gols e 18 assistências
2017: 49 jogos, 11 gols e 9 assistências
2018: 2 jogos e 1 gol


LEIA TAMBÉM:

Cutucou? Internautas apontam indireta de Denílson ao vivo ao cantor Belo

TNT Sports contrata ex-Globo e mais seis profissionais para Champions League

David Luiz relembra frase marcante da Copa e avalia: “Aqui não vai ser diferente”

Neto aponta “chocolate” do Flamengo contra o Palmeiras e ironiza sobre Abel Ferreira

Quem é o melhor meia do Brasileirão? Confira os principais números do 1º turno

Quem é o melhor atacante do Brasileirão? Confira os principais números do 1º turno

Quem é o melhor zagueiro do Brasileirão? Confira os principais números do 1º turno

Quem é o melhor goleiro do Brasileirão? Confira os principais números do 1º turno