Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

UFC 266: Volkanovski e Shevchenko defendem com sucesso o cinturão; veja os resultados

UFC 266, neste sábado (25), também teve o retorno de Nick Diaz e mais três brasileiros em ação

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Twitter Oficial UFC

Neste sábado, em Las Vegas, aconteceu o UFC 266, mais um evento da principal organização de MMA do mundo. No card, houve disputa de cinturões, o retorno de Nick Diaz e presença brasileira no octógono da T-Mobile Arena,

O duelo principal da noite foi uma luta bastante disputada e agradável entre Alexander Volkanovski e Brian Ortega, valendo o cinturão dos penas do Ultimate. Com muitos momentos de ação e até viradas, o australiano dominou praticamente todo a luta e venceu na decisão dos juízes.

Valentina Shevchenko, por sua vez, mais uma vez mostrou porque é a ‘rainha’ da divisão dos moscas. ‘Bullet’ fez uma performance praticamente irretocável contra Lauren Murphy, e provaria todo o seu favoritismo ao vencer no quarto round por nocaute técnico.

Para muitos, a grande luta do UFC 266 aconteceria antes da defesa do cinturão. Nick Diaz fez seu retorno ao MMA após seis anos afastado para encarar Robbie Lawler em revanche. A luta foi bastante interessante e relembrou os velhos tempos de ambos, com muita trocação franca. Ao final, deu Lawler por nocaute.

As mulheres deram show no UFC 266 para o Brasil na noite deste sábado. No card principal, Jéssica Bate-Estaca não tomou conhecimento de Cynthia Calvillo e venceu por nocaute técnico. Taila Santos também saiu do octógono com vitória, batendo Roxanne Modafferi. Por outro lado, Marlon Moraes até quase teve a chance de vencer Merab Dvalishvli, mas o georgiano sobreviveu e conseguiria derrotar o brasileiro.

Confira os resultados do UFC 266 – Volkanovski x Ortega

Card principal

Alexander Volkanovski (AUS) venceu Brian Ortega (EUA) por decisão unânime dos jurados (49-46, 50-44 e 50-45) – pelo cinturão dos penas, Volkanovski mantém o título

Valentina Shevchenko (KGZ) venceu Lauren Murphy (EUA) por nocaute técnico (quarto round, 4:00) – pelo cinturão dos moscas, Shevchenko mantém o título

Robbie Lawler (EUA) venceu Nick Diaz (EUA) por nocaute técnico (terceiro round, 0:44)

Curtis Blaydes (EUA) venceu Jairzinho Rozenstruik (SUR) por decisão unânime dos jurados (triplo 30-27)

Jéssica Bate-Estaca (BRA) venceu Cynthia Calvillo (EUA) por nocaute técnico (primeiro round, 4:54)

Card preliminar

Merab Dvalishvili (GEO) venceu Marlon Moraes (BRA) por nocaute técnico (segundo round, 4:25)

Dan Hooker (NZL) venceu Nasrat Haqparat (AFG) por decisão unânime dos jurados (duplo 30-27 e 30-26)

Chris Daukaus (EUA) venceu Shamil Abdurakhimov (RUS) por nocaute técnico (segundo round, 1:23)

Taila Santos (BRA) venceu Roxanne Modafferi (EUA) por decisão unânime dos jurados (triplo 30-27)

Jalin Turner (EUA) venceu Uros Medic (SRB) por finalização/mata-leão (primeiro round, 4:01)

Nick Maximov (EUA) venceu Cody Brundage (EUA) por decisão unânime dos jurados (triplo 29-28)

Matt Semelsberger (EUA) venceu Martin Sano (EUA) por nocaute (primeiro round, 0:15)

Jonathan Pearce (EUA) venceu Omar Morales (VEN) por finalização/mata-leão (segundo round, 3:31)

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA TA,MB