Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Bastidores: Flamengo tenta digerir derrota para o Fluminense e liga o alerta antes de “decisão” da Copa do Brasil

Renato Gaúcho está pressionado após o time ficar distante da briga pelo título Brasileiro

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Alexandre Vidal/ Flamengo

Antes de mais nada, o Flamengo tenta digerir a derrota no Campeonato Brasileiro por 3 a 1 sofrida para o Fluminense. E o clima interno é de preocupação. Afinal, o time apresentou um futebol abaixo das expectativas durante o jogo do último sábado, no Maracanã.

O Torcedores.com apurou que a diretoria ficou irritada com a falta de reação da equipe em campo. E também da comissão técnica para escapar da estratégia de Marcão. A apatia e o abatimento de alguns jogadores após o confronto ligaram o sinal de alerta.

Ainda segundo apurou a reportagem, o abatimento do grupo é mais pelo desempenho dentro de campo do que pelo tropeço diante do Fluminense. A princípio, há o entendimento de que o elenco tem peças suficientes para brigar por títulos nesta temporada.

Entretanto, o Flamengo vê o sonho de conquistar o Tricampeonato Brasileiro cada vez mais distante. Os pontos perdidos para Fluminense, Cuiabá, América-MG e Red Bull Bragantino são lamentados no departamento de futebol rubro-negro.

Fora do vestiário, entre os dirigentes, a noite passou da irritação com o desempenho coletivo e chegou com a falta de reação de alguns jogadores. Em grupos de Whatsapp da cúpula do clube, Gustavo Henrique e Renê foram citados como os culpados pela derrota no clássico.

Por outro lado, houve indignação sobre o plano de jogo de Renato Gaúcho, que, mesmo perdendo, não mudou a estratégia e foi encurralado pelo Fluminense. A insistência com Diego Ribas e Everton Ribeiro, por exemplo, também foi tema das conversas.

A digestão da derrota precisa ser feita rapidamente. Mas a preocupação continua, também pela proximidade do jogo contra o Athletico Paranaense, quarta-feira, no Maracanã, pela Copa do Brasil.

Reapresentação

Após a derrota por 3 a 1 para o Fluminense, o elenco rubro-negro recebeu folga neste domingo e só se reapresentará no Centro de Treinamentos George Helal na tarde desta segunda-feira.

A atividade servirá como preparação para enfrentar o Athletico. Vale lembrar que, na última quarta-feira, os times empataram em 2 a 2, na Arena da Baixada, em Curitiba. Thiago Maia e Pedro marcaram para o Flamengo. Já os do Furacão foram feitos por Pedro Henrique e Renato Kayzer.

Caso se classifique para a final da Copa do Brasil, o Flamengo pega o vencedor do confronto entre Atlético-MG e Fortaleza. O Galo venceu o primeiro jogo por 4 a 0. E necessita de um simples empate para avançar no torneio.

LEIA MAIS:

Por maus resultados na temporada, ex-camisa 10 São Paulo é demitido por clube chileno