Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Caio Ribeiro detona imprensa por perseguição a Neymar: “As pessoas passam do limite”

Caio Ribeiro saiu em defesa do atacante da seleção brasileira e do PSG, e criticou a postura da imprensa

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Reprodução/YouTube

O comentarista Caio Ribeiro, da TV Globo, participou do podcast ‘Flow Sports Club’ e falou sobre as críticas de parte da imprensa ao Neymar, principal jogador brasileiro em atividade na atualidade. O ex-atacante questionou as comparações com Messi e Cristiano Ronaldo, e afirmou que as pessoas passam do limite quando se trata de camisa 10 da seleção e do PSG.

“O Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo, Mbappé e eu ainda colocaria o De Bruyne nessa, são os melhores jogadores do mundo na atualidade. Acho até que Messi e Cristiano Ronaldo já em um outro momento da carreira, e acho que tecnicamente o Neymar é o mais completo deles. Só que o Neymar tem essa rejeição por conta da imagem dele. “Ah, olha o que o Cristiano Ronaldo e o Messi fazem, e o que o Neymar faz”. Cara, os dois são casados e com filhos, o Neymar é solteiro. Você solteiro, tem um comportamento diferente da vida de casado. O Neymar faz algumas bobagens? Faz. Ele se expõe? Sim. Mas é isso, você tem que encontrar o equilíbrio”, começou Caio Ribeiro.

O ex-atacante do São Paulo, Flamengo e Botafogo ainda fez questão de ressaltar um lado do Neymar que muita gente desconhece, e citou algumas atitudes do atacante. O comentarista ainda comparou o tratamento que o jogador recebe da imprensa brasileira com a forma como outros atletas são tratados em seus respectivos países.

“Eu conheço um Neymar que muita gente não conhece. Um Neymar pai, que levou a família da mãe do filho para morar em Paris pra ele ficar perto, que tem uma fundação que gera emprego e oportunidade, e que durante a pandemia não demitiu nenhum funcionário com os salários sendo pagos do bolso dele… tem muita coisa legal que o Neymar faz. Quando ele fizer bobagem, critica, mas também mostra o lado legal. A gente só critica. A gente chega numa Copa do Mundo, e essa é a minha maior reclamação em relação a imprensa, cada um vai olhar para o seu umbigo e defender o seu país. A gente, não. A gente aponta o dedo e mata o Neymar. “Ah porque ele é cai-cai, porque ele tá isso ou aquilo”. Você não vê os caras da França fazendo isso com nenhum jogador da França. A crítica é construtiva, mas você tem que ter um certo discernimento e um limite. Acho que no caso do Neymar, as pessoas passam do limite”, avaliou.

“Volto a dizer, muitas vezes ele dá mole e bate de frente de uma maneira que ele não deveria. E uma vez eu falei ‘cara, você vai ficar chateado comigo, você pode não gostar, só que um dia talvez você dê importância. Você está errado por causa disso, disso, disso e disso. Isso vai te prejudicar. Eu estou do outro lado, hoje eu sei como isso funciona a cabeça da imprensa, cuidado’. Ele falou ‘beleza’ e ficou uma semana ou dez dias sem muito contato, mas talvez ele tenha registrado essa informação e sabe que eu falei para o bem dele. Talvez tenha entrado por um ouvido e saído pelo outro, mas eu como amigo precisava falar. Ele já não é mais um menino, ele é responsável pelo que ele faz, mas eu só acho que a gente precisa entender um pouco mais esse lado. Eu não falo do extra campo, eu quero saber se dentro de campo ele está funcionando”, completou.

Leia também:
Mílton Neves dispara contra Neymar: “está atrapalhando a seleção!”
Neymar bate recorde de passes errados nas Eliminatórias da Copa
20 jogadores que devem jogar a Copa do Mundo pela última vez em 2022
Seguindo caminho de Willian, 10 jogadores que poderiam voltar onde foram revelados no Brasil
Internautas rasgam críticas à atuação de Neymar contra a Colômbia pelas eliminatórias; veja repercussão

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes