Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mancini revela como escalou o Grêmio para a sua estreia no clube

Na estreia de Mancini, o Grêmio venceu o Juventude por 3 a 2

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Na estreia do técnico Vagner Mancini, o Grêmio venceu o Juventude pelo placar de 3 a 2. Agora, os gremistas querem manter o bom momento com o novo comandante em busca de se livrar da zona do rebaixamento. Em apenas 48 horas no novo clube, o comandante teve muito trabalho e justificou as primeiras escolhas na entrevista coletiva.

Adaptação e escolhas

A escalação do time surpreendeu muitos torcedores. Paulo Miranda e Jean Pyerre ganharam nova oportunidade entre os titulares. Tais escolhas foram frutos de reuniões da nova comissão técnica com os dirigentes. Mancini relatou uma das conversas.

“Nós tivemos uma conversa na sexta das 20h às 23:30 da noite com toda a comissão, e ela foi fundamental, porque era fundamental para saber em que pé estava a pressão”, disse antes de completar “Eu queria um Grêmio agressivo, para sair na frente, vencer sem sofrer e chamar o torcedor”.

Jogar para a torcida

Um dos conceitos estabelecidos pela nova direção gremista é satisfazer os desejos dos torcedores. Mancini comprou a ideia e afirma buscar uma equipe que encarne o espírito dos torcedores do clube.

“O Grêmio jogou com a alma que o torcedor quer. Viu o que gostaria, e o que gostamos, em uma equipe. Um time organizado, que soube reter a bola e ser agressivo nos momentos certos. Caímos um pouco de produção, mas é normal. Faz parte do momento que a gente vive. Queremos que seja a retomada do Grêmio. Mostramos que o time pode jogar mais, ser mais agressivo e sair dessa situação incômoda”.

LEIA TAMBÉM:

As melhores notícias de esportes, direto para você